Activated Magazine Online

Switch to desktop

Ilumine o seu canto

Despertei com o choro lamentoso de um bebê. Do outro lado da cortina que fazia papel de divisória, pude ouvir a voz cansada de sua mãe, desesperançada, tentando acalmá-lo. Eu tinha quinze anos e estava na ala infantil do hospital, recuperando-me de uma tonsilectomia, à qual me submetera no dia anterior. Contrariamente às expectativas, a intervenção teve algumas complicações, causando em mim dores na minha garganta e ouvidos que perturbavam meu sono. Apertei a bolsa de gelo contra o meu pescoço, na região da garganta, enquanto olhava aquela mãe, exausta, andando de um lado para o outro no corredor estreito, enquanto embalava seu minúsculo bebê, que tanto chorava.

Publicado em Dividir sua fé

A História de Jorge

“Esse trabalho social que vocês fazem tem algum fundo religioso? Se tiver, fique sabendo que sou ateu”. Aquele mendigo puxando meu braço parecia mais um animal que um homem. Seu corpo deformado trazia todas as marcas do alcoolismo extremo, mas seus olhos tinham vida e buscavam contato com os meus.

“Eu também já fui ateia”, respondi.

Publicado em Encontrar Jesus

Como fazer a diferença

Um momento triste no meu dia é quando escuto as notícias, porque relatam principalmente situações terríveis. Em muitas partes do mundo, de diferentes maneiras, cristãos e não cristãos passam por sofrimentos horríveis.

Grande parte das notícias diz respeito a tragédias. São crises financeiras, terrorismo, guerras, conflitos, violência contra pessoas desabrigadas, perseguição de cristãos, devastações causadas pelas mudanças climáticas, explosões causadas por minas perdidas e governos opressores terríveis.

Publicado em Dividir sua fé

Deixe sua luz brilhar

Conheci Marina há quase 20 anos, em uma oficina organizada por uma ONG japonesa para refugiadas da Bósnia. Ela era cativante e estava dando um toque artístico, todo seu, ao evento, apesar de seu trabalho ser simplesmente ajudar aquelas mulheres a fazer simples cartões de boas-vindas. Anos depois, ela acompanhou um grupo dessas mesmas refugiadas como parte de um programa de intercâmbio. Foi quando conheci seu lado humorístico! Ela estava sempre alegrando a atmosfera com piadas, canções e com sua gargalhada contagiante.

Publicado em Como passar por eles

E se…

“Sei que ninguém fez mais pela humanidade que Jesus”. Inúmeros cristãos e não cristãos em todo mundo concordam com essa frase, atribuída a Mahatma Gandhi (1869–1948). Já alguma vez lhe ocorreu que o mundo não teria mudado para melhor se os discípulos de Jesus não tivessem contado aos demais as coisas que viram, ouviram e aprenderam com Ele? O movimento teria morrido ali.

Publicado em Páscoa

Um reflexo obscuro

A Bíblia diz que, agora, “vemos apenas um reflexo obscuro”. Isso diz respeito à nossa limitada capacidade de entender plenamente as realidades espirituais do céu, mas acredito que essa limitação também nos impeça de compreender completamente o coração daqueles com quem temos contato no dia a dia. Muitas vezes, não os vemos como Jesus os vê, amados do Senhor por quem Ele estava disposto a pagar qualquer preço, como se cada um fosse o único. Jesus vê em cada pessoa um lindo espírito por Ele criado e o que Eles podem vir a ser.

Publicado em Natal

Produzindo fruto

No meu trabalho como missionário voluntário, é importante que eu seja “frutífero” e que de fato espalhe o Evangelho. Assim como quem planta uma pereira tem de esperar de quatro a seis anos para colher frutos,1 às vezes não vejo os resultados do meu trabalho imediatamente e posso ficar desanimado.

Publicado em Sucesso

Hino na academia

Esta manhã, arrastei-me para fora da cama. O sol ainda nem apareceu, por que haveria eu de me levantar?— pensei e, remoendo essa lógica infeliz, vesti-me, peguei minha bolsa, andei rumo à porta da frente e, de lá, para a academia.

Publicado em Dividir sua fé

Vale a pena!

Recentemente realizamos um trabalhona penitenciária mais perigosa na Cidade do México, cujos detentos não têm mais direito à apelação nem podem ser transferidos para outro presídio. Naquele lugar não lhes resta nada além de cumprir a pena. São os piores criminosos, os que não podiam ser controlados em nenhum outro lugar. O tempo de detenção médio ao qual estão condenados é 30 anos e 98% dessa população são pessoas pobres, muito pobres. Mais de 50% não recebem visitas e, consequentemente, ninguém que lhes dê algum dinheiro. Por isso, têm de se virar para comprar suas necessidades.

Publicado em Desvelo

O poder da felicidade

Para os seguidores de Jesus, há sempre maneiras de ajudar os outros, regularmente ou ocasionalmente. O denominador comum nessas atividades ou cenários é o objetivo de levar amor e bondade.

Publicado em Dividir sua fé
Pagina 1 de 5

Copyright 2017 © Activated. Todos os direitos reservados.

Top Desktop version