Activated Magazine Online

Switch to desktop

Estar com Deus

A Páscoa sempre me faz pensar na salvação, a maravilhosa dádiva que Deus nos dá de paz com Ele nesta vida e na próxima. Não é algo que dependa do nosso esforço, mas que foi feito por nós. Jesus morreu na cruz por nossos pecados e ressurgiu no terceiro dia. Foi Ele quem fez isso, não nós.

“Hoje estarás comigo no paraíso” — disse ao ladrão moribundo, Seu vizinho de cruz.1 Não havia nada que aquele homem pudesse fazer com respeito à sua situação, ao seu passado e, definitivamente, com respeito ao seu futuro, exceto o que fez ao pensar e dizer “Senhor, lembra-Te de mim quando entrares no Teu reino.”2 Tudo que foi preciso foi essa expressão de fé.

É uma lição para todos nós. É muito fácil nos ocuparmos com causas nobres e para ajudarmos os outros. Preenchemos nossos dias com boas ações, palavras bondosas e atos de generosidade. Contudo, isso não basta para nos reconciliarmos com Deus, porque como temos nossos bons momentos, não nos faltam os maus, quando nossas ações não são tão sábias nem bem ponderadas, quando nossas palavras são menos que bondosas, quando egoistamente pensamos no que queremos mais do que os outros precisam. Também volta e meia ficamos zangados, não perdoamos e reclamamos da vida.

Nenhum de nós chega a esse nível de evolução. Se a reconciliação com Deus dependesse do que fazemos, nunca seríamos salvos. É por isso que nenhuma de nossas boas obras ou melhores esforços nos garantirá um lugar ao Seu lado.3

É maravilhoso saber, contudo, que não precisamos atingir nenhum nível de sublimação. O Filho de Deus adotou a forma humana, viveu como humano, escutando, observando, tocando, curando outros humanos. Seu amor por nós era tão grandioso que, mesmo sabendo que iria sofrer, permitiu-se ser levado, açoitado, torturado e finalmente pregado em uma cruz. E mesmo então, Seu amor foi maior. Perdoou os que O crucificaram, tratou de garantir amparo para Sua mãe que chorava aos Seus pés e deu coragem ao ladrão com Sua promessa: “Hoje estarás Comigo no paraíso.” Ele fez tudo isso; não nós.

Independentemente de nossos temores, preocupações, remorsos, culpas, ou sentimentos de impotência, quando oramos “Senhor, lembre-se de mim”, somos atendidos. Deixemos de lado tudo que nos incomoda e estejamos com Ele hoje.

* * *

A ressurreição é o último ato para completar a inauguração do reino de Deus. …Esse evento marcante demonstra que o reino de Deus realmente foi lançado na terra assim como no Céu. ...A mensagem da Páscoa é que Jesus Cristo revelou o novo mundo de Deus do qual você está convidado a participar. —N. T. Wright (n. 1948)

 

Jesus, acredito que Você é o Filho de Deus, que morreu na cruz em meu lugar e ressuscitou. Por favor, conceda-me a dádiva do Seu perdão, para que eu possa viver em paz para sempre com Você.

 


1. Lucas 23:43
2. Lucas 23:42
3. Ver Tito 3:5.

Abi May (também creditada como Chris Hunt) foi contribuinte da Contato na Grã-Bretanha.

Copyright 2017 © Activated. Todos os direitos reservados.

Top Desktop version