Activated Magazine Online

Switch to desktop

Pensar verde

A Bíblia nos diz que, ao terminar de criar os Céus e a Terra, “viu Deus tudo o que tinha feito, e que era muito bom”.1 Então, incumbiu à humanidade o cuidado pela Sua criação e gestão dos seus recursos, não como proprietários, mas como administradores. “O Senhor Deus tomou o homem, e o pôs no Jardim do Éden para o lavrar e o guardar.”2

Tenho certeza que, ao olhar para Sua criação hoje, Deus sinta muito menos prazer do que sentia lá no início. Boa parte do mundo ainda é bela e funciona como Ele tencionou, mas há lugares muito deteriorados. As forças naturais têm sido rigorosas, mas nós, humanos, temos parte da culpa. Muitos ecossistemas apresentam desgastes, espécies animais e vegetais correm risco de extinção e os recursos estão se esgotando, em grande parte, por conta do mal desempenho da humanidade na realização da tarefa de zelar pelo planeta que nos foi confiado.

Somos corresponsáveis e colhemos as consequências. A poluição do ar e da água reduziu a qualidade de vida de milhões de pessoas; o aquecimento global impõe uma séria ameaça às populações que vivem no litoral e nas áreas de baixa altitude; o desmatamento produz desertos; o uso incorreto da terra e dos recursos hídricos tem provocado, em algumas regiões, grave escassez de alimentos, o deslocamento de milhões de pessoas e dado início a guerras; áreas oceânicas, lagos e rios estão se tornando zonas mortas, ou seja, sem vida aquática. São problemas sérios que tendem a se agravar com o crescimento populacional.

Sem dúvida, nem toda ação do homem prejudica o ambiente e os especialistas divergem quanto à extensão dos problemas ambientais e a melhor maneira de resolvê-los. Todavia, permanece o fato de que nosso lar coletivo está ameaçado e dividimos a responsabilidade pela sua salvação. Com a ajuda de Deus, se trabalharmos juntos, podemos melhorar muitas coisas… muitas mesmo.

 


1. Gênesis 1:31
2. Gênesis 2:15 NTLH

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana é editor da revista Contato desde sua primeira edição, em 2001. Mário é fundador e diretor do Projeto Resgate, uma organização sem fins lucrativos em Joinville, SC.

Mais nesta categoria: Um homem fez a diferença »

Copyright 2017 © Activated. Todos os direitos reservados.

Top Desktop version