Activated Magazine Online

Switch to desktop

Microcosmos

Lembro-me de aprender sobre a palavra “microcosmo” na 5ª série. Como tarefa de casa, nosso professor deu a cada um de nós uma cordinha com 90 centímetros de comprimento e nos disse para fazer um círculo no chão, observar tudo que estivesse dentro dele e ver o que vivia nesse pequeno mundo.

Publicado em Perspectiva

A água

Aquela época do ano estava quente e seca. Não chovia fazia um mês e as culturas estavam morrendo, as vacas não produziam mais leite, os riachos secaram e nós, como os outros agricultores daquela área, temíamos a falência, que somente a chuva poderia evitar.

Eu estava na cozinha preparando o almoço quando vi meu filho de seis anos, Billy, caminhando resoluto e cuidadoso para a mata. Só conseguia ver suas costas. Minutos depois voltou correndo.

Publicado em Experiências

Pensar verde

A Bíblia nos diz que, ao terminar de criar os Céus e a Terra, “viu Deus tudo o que tinha feito, e que era muito bom”.1 Então, incumbiu à humanidade o cuidado pela Sua criação e gestão dos seus recursos, não como proprietários, mas como administradores. “O Senhor Deus tomou o homem, e o pôs no Jardim do Éden para o lavrar e o guardar.”2

Tenho certeza que, ao olhar para Sua criação hoje, Deus sinta muito menos prazer do que sentia lá no início. Boa parte do mundo ainda é bela e funciona como Ele tencionou, mas há lugares muito deteriorados. As forças naturais têm sido rigorosas, mas nós, humanos, temos parte da culpa. Muitos ecossistemas apresentam desgastes, espécies animais e vegetais correm risco de extinção e os recursos estão se esgotando, em grande parte, por conta do mal desempenho da humanidade na realização da tarefa de zelar pelo planeta que nos foi confiado.

Um homem fez a diferença

A sustentabilidade ambiental se tornou uma grande preocupação para quase todas as nações, e os debates sobre como melhor alcançar esse objetivo são contínuos e acirrados. Perplexa frente à complexidade da questão, a maioria busca soluções nas opiniões de cientistas ou de outros com conhecimento no assunto e recursos.

Abdul Kareem não esperou pelos demais. Sua casa, no sul da Índia, é cercada por hectares de floresta nativa com abundante vida silvestre. Naquela parte do mundo a água costuma ser escassa, mas não nas terras de Kareem nem nas vilas ao redor. Mas isso nem sempre foi assim. Há 25 anos, a região não passava de um ajuntamento de morros secos, pedregosos e sem vida.

Mentalidade amiga da natureza

Meus pais me ensinaram bons hábitos tais como economizar eletricidade e água, não desperdiçar alimentos e encontrar usos alternativos para as coisas que não mais serviam ao seu propósito original. Nossa família não tinha muito dinheiro, de forma que cuidar bem das coisas era uma escolha lógica e prática. Nunca me ocorreu relacionar esses costumes com o ambientalismo.

Ávida leitora de jornais na adolescência, tomei conhecimento das questões ambientais, mas somente quando ativistas recorriam a medidas extremas tais como furtos, incêndios criminosos, demonstrações violentas, etc. para atrair atenção à sua causa ou para “corrigir um erro”. No meu entendimento à época, eram assuntos bem menos importantes que as guerras, os crimes e as outras violências que ocupavam as mesmas páginas de notícias. Por isso, associava o ambientalismo somente aos elementos mais radicais e o termo “ambientalista” àqueles envolvidos com atividades bizarras denunciadoras. Mantive as práticas sensatas que aprendi na infância, sem conexão com minha responsabilidade pessoal de proteger o ambiente.

Oração pelo bem ambiental comum

Ao respirar o ar que nos sustém,
Lembramos do Seu amor, Deus,
Que nos dá a vida.

Enche-nos com Sua compaixão pela Criação.
Remove de nós a apatia, o egoísmo e o temor
Afasta o pessimismo e a hesitação.

Reduza. Reutilize. Recicle.

Encontrar alternativas para reduzir o consumo, reutilizar itens e reciclar é uma forma prática de cada um cuidar do ambiente. E, de quebra, essas medidas simples muitas vezes enxugam as despesas domésticas.

 

Reduza o volume de resíduos

A redução de resíduos começa na compra. Se costuma jogar fora alimentos estragados ou com prazo de validade vencido, está comprando demais. O mesmo se aplica às refeições preparadas em casa. Se for frequente o descarte de sobras, diminua a quantidade do que prepara.

Nosso mundo

Um ser humano é uma parte do todo que chamamos “Universo”. Uma parte limitada pelo tempo e pelo espaço. Cada indivíduo tem experiências, pensamentos e sentimentos próprios independentemente dos demais —um tipo de ilusão ótica da sua consciência. Essa ilusão é como uma prisão para nós, restringindo-nos aos nossos desejos pessoais e à afeição pelas poucas pessoas que nos cercam. Devemos nos empenhar para nos livrar dessa prisão ampliando nosso círculo de compaixão para abraçar todas as criaturas vivas e toda a natureza em sua beleza.
—Albert Einstein

O mundo natural foi criado por Deus.

Pergunte, porém, aos animais, e eles o ensinarão, ou às aves do céu, e elas lhe contarão; fale com a terra, e ela o instruirá, deixe que os peixes do mar o informem. Quem de todos eles ignora que a mão do Senhor fez isso? Em Sua mão está a vida de cada criatura e o fôlego de toda a humanidade. —Jó 12:7-10

Nas Suas mãos estão as profundezas da terra, os cumes dos montes lhe pertencem. Dele também é o mar, pois Ele o fez; as Suas mãos formaram a terra seca. —Salmo 95:4-5

Publicado em Estudos bíblicos

Uma fé natural

Deus criou as florestas, as pequenas estrelas e os ventos selvagens. Acho que, em parte, os criou como contraponto ao tipo de civilização que tenta sufocar o espírito de alegria em nossos corações. Criou espaços abertos grandiosos para as pessoas que querem estar a sós com Ele e conversar, longe das multidões que matam toda a reverência. E acho que Ele se alegra quando consegue que esqueçamos nossas inquietações e responsabilidades para nos aproximarmos dEle, como Jesus, quando se esgueirava para um lugar ermo para orar.
—Margaret Elizabeth Sangster

Pagina 1 de 2

Copyright 2017 © Activated. Todos os direitos reservados.

Top Desktop version