Dicas de leitura

Dicas de leitura

“Por onde começo?” — é provavelmente a pergunta mais comum feita pelos que decidem conhecer a Bíblia.

Lembro-me de minhas primeiras tentativas, na juventude. Comecei no primeiro livro, mas não fui muito longe, pois meu interesse durou até Levítico, livro cheio de leis antigas.

Tempos depois, quando comecei a desenvolver um relacionamento pessoal com Jesus, descobri que minha capacidade de entender havia aumentado. Paulo nos diz que “o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, pois lhe parecem loucura, e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.”1Conhecer o “autor” torna o livro muito mais interessante.

Gosto de ler o Livro dos Salmos, repleto de orações que podem nos ajudar a verbalizar nossos pedidos. Um salmo pode começar em angústia e desespero, mas geralmente termina em louvor e gratidão. Basta ler cinco por dia para concluir em um mês a leitura dos 150 salmos do mais extenso livro da Bíblia. Como o Livro de Provérbios está dividido em 31 capítulos, ler um por dia também nos permite terminar essa parte das Escrituras em um mês.

Os Evangelhos oferecem uma leitura agradável e fácil. Leio os quatro algumas vezes por ano e não há nada melhor para me ajudar a ficar perto de Jesus e manter minha vida no caminho certo.

Outra dica é pedir a ajuda de Deus para discernir o que deve aprender com sua leitura. Muitas vezes, clamo o versículo “Desvenda os meus olhos, para que veja as maravilhas da Tua lei.”2Quando chego a uma passagem que não entendo, pesquiso ou deixo minhas perguntas na prateleira da fé, para outra hora.

A leitura da Bíblia é sempre uma opção certa. É alimento para a alma e fonte de forças para as batalhas da vida.

1. 1 Coríntios 2:14
2. Salmo 119:18 

Dennis Edwards

Dennis Edwards é professor aposentado. Trabalha em uma ONG portuguesa, que distribui materiais educativos para crianças pobres.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.