31 centavos

31 centavos

Ando pelo meu bairro para fazer minhas coisas, para me exercitar e volta e meia encontro moedas, as quais recolho, ainda que sejam de baixo valor. Não sou do tipo que enjeita dinheiro, mesmo os trocadinhos. Hoje, passei em uma certa rua pela primeira vez e lá encontrei algumas moedas que somaram 31 centavos. Senti como se tivesse ganhado na loteria.

No dia seguinte, fiz minhas compras semanais de manhã, algo não comum para mim. De pé na fila do caixa, descarregando meu carrinho, notei um homem atrás de mim. Tudo o que ele tinha na cesta era uma bandeja de ovos.

Depois que paguei e enquanto ensacava meus mantimentos, o homem deu à mulher no caixa várias moedas para pagar pelos ovos. Depois de contar pacientemente o dinheiro, ela disse: “Faltam 31 centavos.”

Na mesma hora, enfiei a mão no meu bolso, peguei as moedas e as entreguei para a funcionária do supermercado. O homem pôde levar os ovos. Ele me deu um sorriso tímido, acenou ao partir e eu lhe disse algumas palavras ao me despedir. Caminhando para casa, pensei na previsão de Deus e nos Seus caminhos maravilhosos.

Sou do tipo que cultiva hábitos. Faço certas coisas em certas horas e tenho itinerários que costumo seguir. Mas quebrei a rotina ao fazer uma nova rota, onde 31 centavos me esperavam. Depois, fui às compras em um horário diferente do que estou acostumado, mas foi o momento perfeito de Deus para que eu ajudasse o homem com o dinheiro que precisava. A previsão do Senhor e Seu trabalho de bastidores, sempre atento aos menores detalhes de nossas vidas, são simplesmente incríveis!

Eu teria doado o dinheiro que faltava àquele senhor, mesmo se eu não tivesse encontrado as moedas e não tenho dúvida de que Deus sabia disso. Contudo, era como se Ele estivesse dizendo Estou “devolvendo antecipadamente” o dinheiro que você vai dar para ajudar o homem na fila. Neste caso, foram apenas 31 centavos, uma quantia irrisória, mas serviu para ilustrar como Deus sabe exatamente pelo que Seus filhos vão passar, Ele os ama, cuida deles, supre para os necessitados e recompensa os doadores.

Frank Steele

Frank Steele é editor. Mora em Dallas, no Texas.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.