Um CEO atípico

Um CEO atípico

Muitos que querem divulgar a mensagem de Cristo e realizar Sua obra no seu dia a dia tendem a vê-lO como um patrão —um chefe paternal amigável, mas ainda assim, um chefe. Deixa instruções para Seus liderados, zela por eles, oferece incentivos e apoio, mas tem um escritório no andar de cima e não “pega no pesado” quando se trata do emaranhado da vida diária.

Mas isso não coincide com a descrição que nos traz a Palavra de Deus. Paulo diz que cooperamos com Deus1. Como disse George MacDonald, “quando nossa vontade anda de mãos dadas com Deus, somos Seus companheiros de trabalho nos assuntos do universo — não meros descobridores de Seus caminhos, observadores à margem do que Ele faz, mas parceiros na realização de Sua obra.”

Deus não apenas nos salva e preenche nossas vidas com significado para, então, sentar-Se em Seu trono para de lá observar tudo o que acontece. Em vez de apenas comparecermos ao Seu gabinete para recebermos instruções e voltarmos depois para apresentar os resultados em um relatório, passamos o dia trabalhando lado a lado com Ele, em parceria constante e contínua.

Deus escolheu trabalhar conosco porque quer que participemos do que Ele faz e sejamos agentes das mudanças que Ele deseja efetuar. Por isso, precisamos nos familiarizarmos com Sua natureza, com o que Ele quer fazer, com Seu jeito de ser e trabalhar. Fazemos isso estudando a Bíblia e passando tempo com Ele em oração e reflexão.

Aprender a trabalhar cooperativamente com Deus é uma experiência que se dá ao longo da vida, mas não temos de esperar para começar.

1. Ver 2 Coríntios 6:1 CRF

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana é editor da revista Contato desde sua primeira edição, em 2001. Mário é fundador e diretor do Projeto Resgate, uma organização sem fins lucrativos em Joinville, SC.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.