Uma história de amor

Uma história de amor

Na Bíblia, Deus muitas vezes usa metáforas ou alegorias para descrever nossa relação com Ele. Falou do pastor e suas ovelhas; do pai e seu filho; da videira e seus ramos; da noiva e seu noivo.

Embora a Bíblia contenha 66 livros, é comum os comentaristas observarem que se trata de apenas um livro, com um tema central e um enredo coerente. É uma história de amor e como tal, tem um começo, altos, baixos e uma conclusão dramática.

Começa, literalmente, “no princípio”, quando Deus criou o homem e a mulher, tal como desejava que fossem; soprou-lhes o alento da vida e, contemplando Sua obra, exclamou: “Isso é muito bom!”

Infelizmente, o homem e a mulher escolheram rejeitar a oferta de Deus de uma relação eterna, perfeita e íntima com Ele, preferindo afastarem-se em egoísmo e pecado. Sem Deus, os humanos, criados para desfrutar da intimidade com Ele, passaram a conviver com a solidão, com a raiva e com a dor. Ao longo dos milênios, tentamos de tudo para recuperar a sensação de realização que essa intimidade perdida proporcionava, mas nada foi capaz de satisfazer.

Então, apesar de termos sido nós a dar as costas para Deus, foi Ele quem iniciou a reconciliação. Sabendo que só havia uma solução, decidiu, apesar do custo, voluntariamente enviar Seu próprio Filho para criar um caminho para voltarmos para Ele.

O que isso significa? Que o cristianismo não é uma religião nem um monte de regras. É um relacionamento — e não qualquer relacionamento, mas um casamento, ou seja, deve haver intimidade, transparência, comunicação aberta, sonhos, objetivos e desejos compartilhados. Jesus está ao lado do altar, esperando Sua linda noiva vir para junto dEle.

Podcast

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana é editor da revista Contato desde sua primeira edição, em 2001. Mário é fundador e diretor do Projeto Resgate, uma organização sem fins lucrativos em Joinville, SC.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.