Compartilhar a fé

O sal da terra

Setembro 2014 | Tagged sob Dividir sua fé

“Vós sois o sal da terra.”— Mateus 5:13  

Por sermos cristãos, procuramos ser agentes de mudanças na vida das pessoas e, de forma mais ampla, na sociedade. Isso pode significar que vamos criar dificuldades e nadar contra a corrente. Nem sempre o que os cristãos fazem e valorizam estará em harmonia com o status quo.

A pulseira verde

Março 2014 | Tagged sob Dar

Jamais esquecerei a primeira vez que fui ao Exit Rock Festival —evento anual realizado nas proximidades de um lindo castelo em Novi Sad, uma linda cidade sérvia às margens do Danúbio. Havia palcos em toda parte, as ruas estavam tomadas pelas multidões e das imensas vilas formadas por barracas se ouviam todos os estilos de música que se misturavam aos aromas de chevapi —um prato à base de carne, típico daquele lugar. Era uma atmosfera de fraternidade, caos e liberdade. Mas parecia que eu não ia participar de tudo aquilo.

Vela no candelabro

Março 2014 | Tagged sob Desvelo

Manifestar o amor de Deus para aqueles que Ele coloca em nosso caminho cada dia é a essência da vida cristã. O Apóstolo Paulo foi enfático ao explicar o porquê: “O amor de Cristo nos constrange”.1

Independentemente da forma como orienta cada um a alcançar sua respectiva parte do mundo com Seu amor, Deus nos chamou para sermos “a luz do mundo” e para deixarmos nossa luz brilhar diante dos homens para que vejam nossas boas obras e glorifiquem ao nosso Pai que está no céu.2

As luzes baixas

Fevereiro 2014 | Tagged sob Dividir sua fé

Quando meu marido estava mal de saúde e eu o visitava no hospitalonde ficou internado, via os outros pacientes em salas de espera ou em seus leitos e pensava no sofrimento que estavam passando. Alguns, principalmente os mais idosos, ficavam ali deitados sozinhos, dia após dia. Por um mês, todos os dias, fui àquele hospital e nunca os vi recebendo uma visita sequer. Ninguém se importou o suficiente para ir até eles.

Da janela do quarto de meu marido, eu olhava a estrada movimentada com carros em disparada de um lado para o outro e pensava na pobre humanidade perdida! Tanta gente solitária e sofrida; tantos corações partidos.

Por trás de um sussurro

Fevereiro 2014 | Tagged sob Desvelo

Entrou na loja acompanhado por outro jovem provavelmente da sua idade. Bem vestido, demonstrava a autoconfiança típica da juventude de hoje, ou seja, superficial e esconderijo para sentimentos de insegurança e, possivelmente, algumas cicatrizes emocionais profundas.

Gosto de observar gente. O que pode ser mais fascinante, misterioso e cativante que a vida humana? O que está por trás da expressão de normalidade, do bom gosto ao vestir e do cabelo bem feito?

É preciso conhecê-lO

Novembro 2013 | Tagged sob Jesus Cristo

Passei com uma amiga em frente ao cinema justo na hora em que várias sessões terminaram e centenas de pessoas tomaram o passeio onde caminhávamos. Um homem se destacava da multidão e vinha na nossa direção. Ele devia medir mais de 2,10 m e tinha o porte atlético de um jogador de basquete. Quando me voltei para Abi para lhe dizer o que estava pensando, ela correu para ele.

“Francisco, quero apertar sua mão!” — disse entusiasmada. “Não! Quero abraçá-lo! Você está jogando demais! Acho que seu time vai levar o título!”

Seja um ícone

Novembro 2013 | Tagged sob Dividir sua fé

A palavra grega traduzida para “imagem” em várias edições da Bíblia é eikon, que dá origem à palavra “ícone”. O termo é usado na Bíblia tanto no sentido literal1 quanto no figurado2. Na Septuaginta, a mais antiga tradução para o grego do texto em hebraico do Antigo Testamento, Adão é denominado “eikon de Deus.”

O material do qual é feito o céu

Setembro 2013 | Tagged sob Dia dos Pais

Um tributo ao meu pai 

Não quero colocar o meu pai em um pedestal. Ele não gostaria disso. Sempre modesto, não me lembro de tê-lo visto querer receber o mérito por coisa alguma. Se o elogiassem, ele apontava para o céu, para o seu Criador, e dava a glória a Deus.

O exame de renovação

Junho 2013 | Tagged sob Experiências

Uma série de perdas me deixara zangada com Deus. Sozinha, sem nenhum meio de sustento, sem esperança em vista, tentei acabar com a minha vida. Recobrei a consciência no hospital, onde passei dias em recuperação.

Era Dia dos Namorados, o primeiro que passei sem o meu marido, e sentada sozinha no corredor do hospital, chorei as únicas lágrimas que ainda me restavam.

Valor líquido e padrões de reprodução do abraço comum

Abril 2013 | Tagged sob Dividir sua fé

As placas não passavam de retângulos de madeira com o fundo branco, sobre o qual se liam em letras vermelhas as palavras “ABRAZOS GRATIS”, circundadas por flores, corações e outras decorações pintadas para chamar a atenção. Dirigimo-nos até o ponto combinado no campus universitário para encontrar o resto da turma e juntos circularmos pelo centro de Guadalajara, no México, em busca de desconhecidos sobre quem derramarmos atos de bondade.

Placas em riste, avançamos qual um exército de afeição. “Quer um abraço grátis?” era nosso grito de guerra.

<Page 5 of 7>
Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.