A página em branco

A página em branco

A página em branco eu olhava ausente
Era como um mar de neve à minha frente
Intocada, imaculada como o ano que principiava
Que meu Salvador diante de mim colocava

Com a caneta firme na mão
Afundava-me em perguntas da razão
E, confusa, diante de tamanho entrave
Encontrei o Senhor com uma resposta suave

“Querida, para tudo melhor andar
Confia e faz tua vontade descansar
Sê Minha e dá-me teu coração
Mas da tua assinatura não abro mão”.

Sussurrei com o coração a palpitar
“Em quem mais posso eu confiar?
Este ano é todo Teu, isso afirmo
E ajoelhada, esta folha em branco firmo.” 

Evelyn Sichrovsky

Evelyn Sichrovsky

Evelyn Sichrovsky estuda Letras com ênfase em inglês. Participa também como voluntária em trabalhos missionários em Taiwan, onde vive com sua família.

Mais nesta categoria « Meu Capitão Chance duradoura »
Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.