O diário

O diário

Na primeira vez em que pensei fazer como resolução de Ano Novo manter um diário, descartei na hora a ideia. A lista de resoluções anteriores que fiz e não deram em nada era grande e na hora visualizei um diário cheio de páginas em branco no fim do ano. Além disso, eu não tinha tempo para outro projeto —disse a mim mesma.

Entretanto, recentemente terminei um curso de aconselhamento no qual tive de manter um diário. O professor enfatizara a importância de registrar pensamentos, ideias, planos, experiências, preocupações, temores e conquistas. Explicou que era um importante passo para estimular a autoconsciência e essencial para ajudar alguém a resolver seus problemas.

Decidi que valia a pena tentar e estou feliz por ter feito. Escolhi um diário que no rodapé de cada página trazia uma citação e um versículo bíblico que estimulam à reflexão, e me comprometi a dedicar a ele 15 minutos por dia. Estes são alguns benefícios que colhi da experiência:

Passei a entender melhor meus pontos fortes e a identificar algumas mentalidades e hábitos negativos.

Ajudou-me a descobrir discrepâncias entre o que penso e como ajo. Exemplo: quero perder peso, mas arrumo desculpas para não me exercitar.

Escrever sobre experiências difíceis ou tristes me ajuda a entender e lidar com o que aconteceu, parte necessária do processo de cura.

Anotar o que pedi a Deus para cada dia e como essas orações foram atendidas fortalece minha fé.

Escrever a respeito de situações com pessoas com quem tenho dificuldade de me relacionar me ajudou a identificar e evitar os padrões que levam a mal-entendidos e sentimentos ruins.

No fim de cada mês, analiso e sumarizo os destaques, o que me dá uma ideia melhor de como as coisas estão indo, que desafios ou obstáculos surgiram, como foram resolvidos, que orações foram atendidas, que progresso consegui em relação às minhas metas, que decisões e planos pus em prática, etc.

Em retrospectiva, posso dizer com toda sinceridade que manter esse diário foi um esforço plenamente recompensado e as páginas que preenchi são agora um tesouro de ideias, reflexões, revelações, lições, metas realizadas e orações atendidas.

Iris Richard

Iris Richard

Iris Richard é mãe de sete e avó de seis. Há 25 anos, ela e o marido se dedicam ao trabalho missionário e humanitário no Quênia, onde é enfermeira e conselheira. 

Mais nesta categoria « Feliz dia novo! Novos começos »
Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.