Obrigado, Mãe!

Obrigado, Mãe!

Ao selecionar as citações para a seção Essa Maravilha Chamada Mãe, encontrei um pensamento de Pam Brown que na hora vi ser perfeito para este editorial: “Um filho só entende quanto sua mãe o ama, quando, ao vasculhar o sótão, encontra cada carta que já lhe enviou, cada pintura a dedo, potinho de argila, colar de contas, desenho de Páscoa, carta para Papai Noel, cartão do Dia das Mães e boletim escolar que ela vem colecionando ao longo de toda a vida do filho.

É uma descrição perfeita da minha mãe. Dona Aracy Sant’Ana ainda tem meus boletins, meus primeiros poemas (dos quais ela própria era a musa), minhas redações escolares (para ela, dignas de destaque na Academia Brasileira de Letras), meus dentes de leite, as fotos das festas na escola, minha primeira bandeira do Flamengo, minha foto “sete-carinhas” e muito mais.

Da minha infância, só tenho hoje comigo meia dúzia de cicatrizes e recordações, as mais belas e ternas das quais têm como personagem principal a figura enérgica, generosa, carinhosa, aguerrida, emotiva e infalivelmente amorosa de minha velha.

E em se falando de amor, nem mesmo no auge da minha arrogância de adolescente (que não foi nada pequena) pude duvidar, em nenhum momento, do amor incondicional de minha mãe nem da sua fé por mim.

E quando o assunto é sabedoria, poucos eruditos traduzem de forma tão coerente e sintética as verdades que ela me ensinou pelos provérbios e ditados nordestinos que até hoje cita e que até hoje influenciam meus pensamentos.

Por tudo isso e por muito mais que eu não saberia ao menos fingir ser capaz de expressar, quero, em coro com George Washington, Marc Chagall, Stevie Wonder, Ganeshan Venkatarman, Mário Quintana, Carlos Drumond de Andrade e Álvares de Azevedo (citados na homenagem Essa Maravilha Chamada Mãe) e com os incontáveis filhos de todo mundo e de todas as gerações, começar esta Edição Especial do Dia das Mães declarando, mais uma vez, de todo coração e com um nó na garganta: “Obrigado, mãe! Eu também te amo!”

Tagged sob
Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana é editor da revista Contato desde sua primeira edição, em 2001. Mário é fundador e diretor do Projeto Resgate, uma organização sem fins lucrativos em Joinville, SC.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.