Três já foram, só falta uma

Por que nunca ouvi falar nessas coisas antes? — pensei. Por que não é algo que todo mundo sabe? Foi logo depois de eu haver aceitado Jesus como Salvador e começar a me inteirar sobre as profecias bíblicas, o Livro do Apocalipse, o Tempo do Fim e o Anticristo.

Para mim, a aula mais fascinante que tive sobre o tema foi a intitulada “As 70 Semanas de Daniel”, que explicava uma profecia que antevia os seguintes eventos:

1. O povo do profeta Daniel, os judeus, conquistado e levado cativo pelos babilônios em 586 a.C, retornaria para Jerusalém, arrasada por seus conquistadores, para a reconstruir.
2. O Messias seria morto 483 anos (segundo o calendário antigo de 360 dias por ano, o equivalente a 476 anos atuais) depois da reconstrução do muro de Jerusalém.
3. O templo reconstruído em Jerusalém seria novamente destruído depois da morte do Messias.
4. O Messias retornaria sete anos após a assinatura de um pacto envolvendo Jerusalém e possivelmente a paz no Oriente Médio, arquitetado por um déspota, identificado em outras passagens bíblicas como “Besta” e “filho do Inferno”, mas mais comumente chamado de “Anticristo”.

Nessa aula, aprendi também que:

1. Os judeus puderam voltar a Jerusalém, depois de 70 anos de cativeiro.
2. Que o Messias, Jesus, foi morto (e ressuscitou) no ano exato predito no Livro de Daniel.
3. O templo que havia sido reconstruído foi novamente destruído, dessa vez pelos romanos, 40 anos depois da morte de Jesus.
4. Daniel deu essa profecia em 538 a.C., quase 100 anos antes de qualquer uma de suas predições serem cumpridas. Todos os fatos nela vaticinados que já se realizaram estão bem documentados, indicando 100% de precisão das profecias! Faz sentido, portanto, que o quarto evento anunciado, o regime de sete anos do Anticristo, se cumpra com o mesmo rigor.

Se Daniel tivesse contado aos céticos sobre essa profecia, imagino que a conversa se daria mais ou menos assim:

— Nosso povo voltará para Jerusalém e a reconstruirá.

— Isso jamais acontecerá!

— Esse será o ano em que o Messias será morto.

— Não acredito nisso!

— Depois disso, o templo será novamente destruído!

— Você é louco!

Sempre que ouço um cético dizer que não acredita que um ditador conhecido como o Anticristo subirá ao poder e governará o mundo durante os últimos sete anos que antecederão a volta de Jesus, o que colocará um basta no regime do Anticristo, limito-me a sorrir e dizer: “Quando acontecer, você vai acreditar!”

Diferentemente das profecias já cumpridas feitas por Daniel, nas quais são preditas datas exatas, não sabemos em que ano o Anticristo subirá ao poder, mas quando ele iniciar um acordo de paz de sete anos, os bem informados o reconhecerão, se não o tiverem reconhecido até então. Quando acontecer, começarão os sete anos que transcorrerão antes de Jesus voltar, dar um basta no Anticristo e estabelecer Seu governo de justiça sobre a Terra.

Três dessas predições já se cumpriram, só falta uma.

Tagged sob
Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.