Aquela primeira mordida

Aquela primeira mordida

Coloquei um pedaço de omelete na boca e silenciosamente agradeci a Deus.Eu estava com fome e o sabor estava extraordinariamente delicioso. Os temperos sutis se combinavam com o gosto do queijo derretido, enquanto eu pensava no maravilhoso desvelo de Deus.

Sei que muitas vezes, apressada, pego algo para comer e não me lembro de agradecer a Deus por isso. Pelo menos, dei-Lhe graças desta vez, mas senti um peso em minha oração, pois algo me pareceu não estar certo com aquele momento. Eu poderia ter agradecido antes da primeira mordida, antes de saber que estava delicioso.

Lembrei-me então das palavras do rei Davi: “Este é o dia que o Senhor fez; regozijemo-nos e alegremo-nos nele.”1 Sempre que quero aprender sobre gratidão, leio os salmos de Davi, nos quais relacionar seus problemas, sempre dá glória a Deus. O que me pareceu mais relevante sobre esse versículo em particular é que nos diz para acordar para um novo dia, dar glória a Deus por isso e decidir — mesmo antes de botar o pé para fora da cama — que vamos nos alegrar e ser felizes.

Às vezes, vou para a cama à noite e dou graças a Deus: “Este foi um dia muito bom. Obrigado por todas as coisas boas que aconteceram, por tudo que consegui fazer, por boa saúde e por uma família feliz.” Mas isso não é o tipo de gratidão ao qual Davi se refere nessa passagem.

Ele estava falando sobre ser grato e feliz pelo o dia antes de ele começar, que devemos nos determinar ao romper da aurora que vamos ser felizes e ter um dia muito bom. Acho que é como agradecer a Deus pela omelete antes de saboreá-la. Devemos agradecer a Deus pela manhã, mesmo se uma tempestade soprar no final do dia. Devemos nos determinar a ser felizes, mesmo se encontrarmos algumas dificuldades. Sejamos gratos por uma omelete, por um novo dia ou pelo novo ano, aconteça o que acontecer.

* * *

Então percebi uma boa e bela coisa: alguém comer e beber, e gozar cada um do bem de todo o seu trabalho, com que se afadigou debaixo do sol, todos os dias da sua vida que Deus lhe deu; esta é a sua porção. … Deus lhe enche de alegria o coração. — Eclesiastes 5:18,20

A gratidão a Deus torna a bênção mais temporal em um antegosto do céu. —William Romaine (1714–1795)

1. Salmo 118:24
Joyce Suttin

Joyce Suttin

Joyce Suttin é educadora, casada e vive em San Antonio, Texas. Faz seleção e edição online de textos motivacionais e é autora vários artigos dessa natureza, muitos dos quais publicados pela revista Contato.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.