Rompendo com o hábito de se preocupar

Rompendo com o hábito de se preocupar

Isaque era o único filho de Abraão e Sara, prometido por Deus e dado ao casal por um milagre, quando ambos já eram velhos. Isaque não foi tão famoso quanto seu pai, ou seu filho, Jacó, mas com ele aprendi uma grande lição.

Durante um período de estiagem, Isaque se mudou para a terra de Gerar dos filisteus, onde reabriu os poços que tinham sido cavados por seu pai, Abraão. Mas houve um conflito entre os homens de Isaque e os pastores de Gerar, que reclamavam a propriedade dos poços. Então Isaque se mudou novamente com sua família, servos e rebanhos para outro lugar, onde finalmente encontraram a paz. O patriarca jamais perdeu a esperança nem a fé, continuou buscando e tentando até que, finalmente, conquistou a vitória.1

Meu falecido marido também era cheio dessa fé perseverante. Uma vez, ficamos sem gasolina em uma estrada no Sul do Brasil. Nenhum dos dois únicos carros na primeira hora parou para ajudar. Então ele orou: “Querido Deus, faça com que o próximo carro que passar pare e nos ajude!” Pouco depois, um carro passou e não parou. Alguns minutos depois, contudo, voltou. “Depois que passei por vocês — explicou o jovem condutor—, uma voz ficou repetindo em minha mente: Você tem que voltar e ajudar aquela família.”

Tenho uma tendência a me preocupar diante de problemas, mas ao longo dos anos, desenvolvi estratégias que ajudam. Assim que acordo, preparo o café da manhã e o levo para o escritório. Ouço uma mensagem devocional, enquanto como e anoto os versículos ou passagens que falam à minha alma. Então, abro meu caderno de oração e oro por tudo o que nele adotei para a semana. Adiciono qualquer coisa que esteja me preocupando naquele dia e assinalo as orações respondidas e as conquistas obtidas. Essa rotina me traz paz, porque coloco tudo nas mãos de Deus.

Também procuro estar atenta a qualquer lição que Deus esteja tentando me ensinar. Na semana passada, por exemplo, deparei-me várias vezes com o versículo “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus”2, o que deixou claro que Deus estava tentando chamar minha atenção para algo. Quando finalmente parei para ler alguns salmos e ouvir um hino em meio à natureza, senti a paz de Deus encher minha alma.”

1. Ver Gênesis 26:17–22.
2. Salmo 46:10

Rosane Pereira

Rosane Pereira

Rosane Pereira é brasileira e missionária de carreira desde 1975. Viúva do também missionário Carlos Cordoba, tem oito filhos e cinco netos. Rosane é professora de inglês e espanhol, tradutora e escritora. É também sócia da Interconnect, micro empresa que combina o serviço de tradução e o ensino de línguas estrangeiras com o turismo e ecoturismo no Rio de Janeiro.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.