Deus nunca nos desampara

Deus nunca nos desampara

Faz vários anos, logo no início de minha carreira de missionário voluntário, tive de tomar uma decisão importantíssima, uma situação que me torturou por vários dias, até que Deus atendeu às minhas orações e me orientou por meio de uma simples ilustração.

Foi uma imagem de uma menina que caminhava de mãos dadas com o pai. A criança, temerosa, implorava ao pai que não a soltasse. “Papai, por favor, não largue a minha mão!” E assim insistiu e repetiu, até que o homem parou, ajoelhou-se, olhou-a nos olhos e com uma voz ao mesmo tempo firme e amorosa disse que jamais a deixaria e que, enquanto ela quisesse permanecer perto dele, poderia contar que estaria ao seu lado.

Entendi a mensagem e tomei a decisão. Desde então, tive de lidar diversas vezes com o medo de errar e de me desviar do bom caminho. Entretanto, sempre que me vejo diante de uma decisão importante, lembro-me dessa ilustração — o que aconteceu em muitas ocasiões ao longo dos anos.

Por mais que desejemos tomar as melhores decisões, não é difícil nos lembrarmos de quando nossas escolhas foram obviamente erradas. Mesmo assim, devemos nos animar pela promessa feita por Jesus de que nunca nos deixará nem nos desamparará.1

Nas trilhas solitárias e acidentadas das montanhas, Ele é nosso companheiro. Na travessia do deserto, quando a vida se torna seca, sentimos sede e nos perguntamos quando (ou se) encontraremos um oásis, Ele nos guia passo a passo ao refrigério. Quando temos de atravessar as multidões e a confusão do dia a dia, e lidar com perguntas sem fim, angústia e desânimo, Ele está ao nosso lado e nos diz: “Aqui estou. Fale Comigo. Diga-me o que está acontecendo.”

E se tropeçarmos, errarmos e nos desencaminharmos muito — a exemplo do que aconteceu a tantos de Seus seguidores? Ele desiste de nós?

Claro que não. Essa ideia jamais cruzaria a mente dAquele que é sempre amoroso e pronto para perdoar.

Então por que deveríamos nos preocupar ou nos inquietarmos? Independentemente das decisões que encontramos ou dos desafios que representam para nós, posso sinceramente dizer que nunca me arrependi de Lhe dar a mão!

1. Ver Hebreus 13:5.

Janet Kluck

Janet Kluck é blogueira e mora nos EUA. 

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.