Hora do lançamento

Hora do lançamento

O homem não poderá descobrir oceanos se não tiver coragem de perder a terra de vista.
— André Gide (1869–1951)

*

Decisão é a faísca que provoca a ação. Até a decisão ser tomada, nada acon­tece. A decisão é a coragem diante dos desafios, pois os problemas não enfrentados jamais serão resolvidos.
— Wilferd Peterson (1900–1995)

*

Senhor, orienta-me quanto ao que fazer e ao que deixar por fazer.
— Elizabeth Fry (1780–1845)

*

Deus sempre dá o melhor àqueles que O deixam escolher.
— James Hudson Taylor (1832–1905)

*

Não peça a Deus para guiar os seus passos, a menos que você esteja disposto a sair de onde está.
— Autor desconhecido

*

Definimos nossas decisões e, então, nossas decisões nos definem.
— Frank Boreham (1871–1959)

*

Os homens têm liberdade para tomar decisões em suas escolhas morais, mas também têm necessidade de prestar contas a Deus por essas esco­lhas.
— Aiden Tozer (1897–1963)

*

— Qual é o segredo do seu sucesso? — perguntou o repórter ao presidente de um banco
— Duas palavras.
— E quais são?
— Decisões corretas.
— E como posso tomar as decisões certas?
— Uma palavra.
— Qual?
— Experiência.
— E como posso adquirir experiência?
— Duas palavras.
— E quais são essas palavras?
— Decisões erradas.
— Autor desconhecido

*

Os homens devem decidir o que não farão, para serem capazes de, com vigor, fazer o que devem.
— Mêncio (c. 372–289 a.C.)

*

Quanto mais fundo formos ao vale da decisão, mais alto devemos nos erguer… sobre o monte da oração.
— Peter Taylor Forsyth (1848–1921)

*

Nunca tome uma decisão perma­nente baseada em uma tempestade passageira. Por mais ferozes que sejam as ondas hoje, lembre-se que elas também passarão.
— T. D. Jakes (58)

*

Um homem é homem porque ele é livre para agir dentro da moldura do seu destino. É livre para deliberar, tomar decisões e escolher dentre as alternativas.
— Martin Luther King Jr. (1929–1968)

*

Ontem já passou. Amanhã ainda não chegou. Só nos resta hoje. Vamos começar.
— Madre Teresa (1910–1997)

*

Conceda-me, Senhor, aprender o que vale ser aprendido
Amar o que vale ser amado
Louvar o que mais Lhe der prazer
Valorizar o que precioso for aos Seus olhos
Odiar, o que Lhe ofender.
Não me permita julgar pelo que vejo
Nem sentenciar segundo o que ouço dizer
Mas conceda-me julgar corretamente
E acima de tudo fazer o que Lhe agrada
Por Jesus Cristo, nosso Senhor.
—Thomas à Kempis (1380–1471)  

Mais nesta categoria « Agentes livres Içar velas! »
Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.