Criando uma obra-prima

Criando uma obra-prima

Quando um cristão vive como Cristo deseja, sua existência se torna algo belo. Seguir Jesus e relacionar-se com Deus deve permear nossas experiências cotidianas, influenciar nossas decisões e orientar as percepções que temos de nós mesmos, dos outros e desta vida.

Como uma bela pintura, a maior glória do cristão costuma se compor de incontáveis pequenas coisas. As gotículas de tinta colorida no quadro, aparentemente tão insignificantes se vistas de muito perto, revestem-se de beleza arrebatadora quando contempladas na totalidade. Semelhantemente, as inumeráveis expressões do Seu amor que um cristão compartilha com os outros no decorrer da vida podem, às vezes, parecer insignificantes isoladamente, mas Deus as vê no contexto do todo de uma vida que O glorifica, em cuja beleza Ele Se delicia.

Quando damos a Deus um lugar central em nossas vidas, Ele adiciona brilho aos nossos olhos, firmeza ao nosso passo, força onde fraquejamos e mais graça nos momentos de luta, perda ou sofrimento.

Conforme cresce nossa dependência dEle, aumenta em nós a alegria do Seu Espírito que supera a tristeza. Quanto mais nos determinarmos a fortalecer nossa relação com Jesus e quanto mais desejarmos uma conexão espiritual mais profunda com Ele, mais Deus poderá manifestar Seu Espírito em nós. Paulo elogiou alguns dos primeiros cristãos aos dizer:

Pois dou testemunho de que eles deram tudo quanto podiam, e até além do que podiam. Por iniciativa própria eles nos suplicaram insistentemente o privilégio de participar da assistência aos santos. E não somente fizeram o que esperávamos, mas entregaram-se primeiramente a si mesmos ao Senhor e, depois, a nós, pela vontade de Deus.1

Quando a fé tem um papel importante na definição de seus valores, metas e decisões, o amor que provocou Deus a criar o universo pode tornar seu coração sensível às necessidades à sua volta e estimular você à ação. Deus demonstra Seu amor por nós na beleza de uma pequena flor, assim como na imensurável grandeza da Sua vinda ao mundo, para viver e morrer por nós. E isso nos ensina que também existem muitas formas de nossas vidas demonstrarem Seu Espírito e Sua verdade ao mundo.

Deus quer nos preencher com Seu Espírito tanto quanto Lhe permitirmos. Somos obras de Suas mãos. Se O deixarmos combinar as tonalidades do Seu amor e misericórdia para gerar a beleza que Ele quer para nós, cada um se tornará Sua obra-prima que falará aos corações de muitos.

* * *

Sabemos o que é o amor por causa disto: Cristo deu a sua vida por nós. Por isso nós também devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Meus filhinhos, o nosso amor não deve ser somente de palavras e de conversa. Deve ser um amor verdadeiro, que se mostra por meio de ações. É assim, então, que saberemos que pertencemos à verdade de Deus e que o nosso coração se sente seguro na presença dele. —1 João 3:16,18–19 NTLH

1. 2 Coríntios 8:3–5 NVI

Maria Fontaine

Maria Fontaine

Maria Fontaine divide com seu marido, Peter Amsterdam, a administração e orientação espiritual da Família Internacional, uma comunidade de fé dedicada a compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo ao redor do mundo. É autora de diversos artigos sobre a vida segundo a fé cristã. (Os textos escritos por Maria Fontaine usados na Contato são adaptações.)

Mais nesta categoria « Portas abertas
Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.