Perspectiva

Uma questão de perspectiva

Li um texto do rabino Evan Moffic que fez muito sentido para mim. No último parágrafo, ele ensina:

O filósofo Søren Kierkegaard certa vez disse que “a vida é vivida em perspectiva e entendida em retrospectiva”. Temos o poder para entender em retrospectiva. Não podemos mudar o passado, mas podemos decidir o seu significado para nós. O que decidimos lembrar ajuda a nos moldar para o futuro.1

Distribuindo a culpa

Recentemente, eu estava revendo meu passado, pensando nas escolhas que fiz e comecei a culpar os outros por alguns desfechos. Culpei meus pais pelas decisões que tomaram e que afetaram minha infância. Culpei minha escola pelas inseguranças que senti e por eu jamais me considerar perfeita o suficiente para ter sucesso em várias áreas. Culpei minha igreja por atitudes que cultivei sobre Deus e que afetaram meu relacionamento com Ele.

Como fugir das ondas

O dia estava lindo. Minha esposa e eu levamos nossa filha de 13 meses, Kristen, para a praia. Naquele clima perfeitamente agradável, caminhamos pela areia da praia, cada um de nós segurando uma de suas mãozinhas adoráveis. Ela não parava de rir e tagarelar em seu idioma especial e indecifrável.

Remédio para dias chuvosos

Desde que me entendo por gente, nunca gostei dos dias nublados, principalmente no inverno. Sempre me pareceram não ter fim nem solução, capazes de gelar tanto o corpo quanto a alma.

Cavaleiros e espelhos

Um dos filmes que assisti mais vezes quando estava crescendo foi Man of La Mancha.1 Parecia que a cada dois meses um dos pais, o líder de grupo de jovens ou algum professor resolvia que era hora de vermos esse filme de novo. Não sou muito fã de musicais, mas tenho um carinho especial por este filme.

As tribulações do ciclista

Vivemos na área rural de um município pequeno. Nossa vila tem dois acessos e ambos oferecem vários obstáculos a ciclistas, como meu marido e eu.

O dominó de Deus

Minha vida mudou faz poucos anos, e não foi coisa pequena. Foram tantas as mudanças! Por vezes foi muito desanimador.

Por vários motivos, tive que voltar para a minha terra natal, a Ucrânia, depois de ter vivido na Bósnia e Herzegovina por seis anos fazendo trabalho missionário e voluntário. Os meus dois filhos, que sempre estiveram comigo, tornaram-se jovens maravilhosos e mudaram-se para outros países para perseguir seus objetivos. Eu precisava aprender a viver sozinha. Precisava de moradia, de um emprego, de atividades e motivação para seguir em frente.

O caminhão de problemas

Você já ficou atrás de um caminhão em um congestionamento em pleno horário de pico? A traseira de uma caçamba carregada de todo tipo de entulho e um cano de descarga cuspindo fumaça quase preta e sufocante é uma cena bastante comum na África. Estar atrás de um caminhão desses em um engarrafamento não é o sonho de consumo de ninguém.

<Page 1 of 11>
Copyright 2020 © Activated. All rights reserved.