Os sonhos em cores de José

Os sonhos em cores de José

Todos temos planos que não se realizam como esperávamos,orações que parecem não passar do teto, sonhos despedaçados que nos levam a nos perguntarmos o que deu errado. Seguimos adiante, mas, muitas vezes, os reveses permanecem gravados em nossa mente, junto com uma interrogação: Por que as coisas não aconteceram conforme meus planos, esperanças e orações?

Na animação musical,José, o Rei dos Sonhos,1 há uma cena em que o personagem principal, vendido pelos irmãos como escravo e levado para o Egito, é visto trabalhando para Potifar, esfregando o chão. Em sua mente, repetem-se cenas de seus irmãos rindo e zombando dele, o que alimenta no jovem hebreu ressentimentos e rancores que tornam suas tarefas ainda mais difíceis de tolerar.

E ele tinha o direito de se sentir assim, pois fora traído por aqueles que deveriam proteger e defendê-lo — seus irmãos mais velhos. Os planos que José tinha para o futuro foram destroçados e espalhados pela areia do deserto na sua longa jornada para o Egito, uma terra estranha onde se tornou escravo e da qual passou a ver um futuro pelo menos sombrio!

Como sabemos, porém, a história não termina aí. Depois de passar por muitas outras dificuldades, José salvou uma nação e, ao mesmo tempo, sua família. E por meio de tudo o que Deus fez por ele, aprendeu que Seu plano é abrangente e perfeito. Ele pode transformar os acontecimentos mais terríveis em esperança e em um futuro brilhante. Os sonhos que José tivera quando criança se tornaram realidade, só que não da maneira como ele havia pensado, planejado ou mesmo sonhado.

Imagine um lindo quadro de um renomado pintor pendurado na parede de um apartamento, cheio contrastes de imagens, cores e formas. Mas você não está dentro do apartamento e vê a obra de arte pelo buraco da fechadura, o que limita sua visão a justamente à parte mais escura da obra, a mais sombria e, por isso, conclui: "Que pintura mais escura e deprimente! Por que o artista não usou cores brilhantes ou mais luz?"

A vida é uma pintura linda, colorida, alegre e brilhante, mas muitas vezes, nos concentramos nas áreas mais escuras do quadro, as perdas e reveses que sofremos. Se tivermos um olhar mais amplo, veremos os muitos outros elementos e cores que também compõem a vida, essa obra-prima de Deus.

 Talvez algumas manchas escuras em nossas vidas representem uma amizade desfeita, uma separação dolorosa, uma oportunidade que não se concretizou, ou a sensação de que nossos objetivos e sonhos estão sendo lentamente desfeitos, simplesmente porque a vida é complicada, atarefada e nem sempre joga do nosso lado. Tudo isso pode mudar! Deus pode consertar um coração partido se você lhe der todos os cacos.

Li recentemente que jamais decepcionaremos Deus, porque Ele já sabe que não conseguimos ser perfeitos e está perfeitamente ciente de nossos fracassos, dos reveses que sofremos e até dos pecados que cometemos. Contudo, Ele nos ama com mais intensidade, cuidado e compaixão do que conseguimos perceber. Se tentarmos entender completamente Deus ou Seu plano para nossas vidas, forçando as coisas em nossa limitada perspectiva, só vamos ficar decepcionados com nós mesmos e até com Ele quando as coisas não acontecerem do jeito que sonhamos ou esperamos.

Ele tem o Seu próprio sonho para nossas vidas — cheio de luz, cor, profundidade e textura. Ele espera diante da tela com o pincel na mão, pronto para tornar tudo realidade. Temos apenas de Lhe dar espaço para trabalhar e produzir beleza.

1. DreamWorks Animation, 2000

Janet Kluck

Janet Kluck é blogueira e mora nos EUA. 

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.