A chuva também traz bênçãos

A chuva também traz bênçãos

Estava sentada numa cadeira de rodas no saguão do hospital, à espera do táxi. Meu ombro ainda estava inchado por causa da operação e meu braço coberto de hematomas.

Para completar, estava chovendo, azedando ainda mais meu humor. Que ótimo! Chuva! — pensei. Exatamente o que eu precisava!

Então meus olhos se voltaram para o toldo de acrílico na entrada do saguão, onde as gotas formavam pequenas poças, antes de escorrerem para o chão. As palavras A chuva o cobre de bênçãos —parte de um versículo bíblico— me vieram ao pensamento e instantaneamente reformularam a situação.

“Bem-aventurados os homens cuja força está em [Deus] [...] Passando pelo Vale de Baca, fazem dele um lugar de fontes; e a primeira chuva o cobre de bênçãos. Vão sempre aumentando de força.”1

Sim, eu tinha escorregado e caído. Sim, eu tinha quebrado sete ossos na parte superior do braço. Sim, uma placa de metal fora instalada no meu braço e eu tinha dois meses de fisioterapia pela frente.

Estou a passando pelo Vale de Baca! É a minha hora de provação.

Baca é um vale estreito e seco, por onde passavam os judeus em suas peregrinações para Jerusalém, quando iam adorar no Templo. A palavra hebraica “baca” significa “pranto”, de forma que “o Vale de Baca” remetia a tempos difíceis e tristes.

O que Deus está dizendo é que aqueles que passam por tristezas —ou seja, todo mundo— podem encontrar forças na fé. Se continuarmos olhando para Jesus e cultivarmos Sua palavra em nossos corações, o Vale de Baca se tornará um lugar diferente. Em vez de ser um vale duro e árido de pranto e tristeza, pode ser um ambiente de crescimento e abundância.

Na vida, passamos por dificuldades e sofrimentos, mas com fé em Jesus podemos transformar as pedras em que tropeçaríamos —ou tropeçamos— em degraus para subirmos e crescermos em força. Podemos encarar essas dificuldades sabendo que o resultado final está nos aproximando de Deus.

Peregrinos neste mundo, podemos encontrar em Deus os recursos para perseverarmos em meio às tristezas e aos reveses. O Vale de Baca pode se transformar em uma fonte de bênçãos, pelo poder que nos concede a graça de Deus.

A buzina do táxi interrompeu minhas reflexões. “Estou indo!” — gritei, enquanto, sorrindo, impulsionei minha cadeira de rodas em direção ao carro.

“Vou passar por esta!”

1. Salmos 84:5–7 (AA)

Dina Ellens

Dina Ellens

Nascida na Holanda, Dina Ellens acumula uma grande variedade de experiências culturais, dos Estados Unidos, onde estudou, à Ásia. Aposentou-se depois de lecionar por mais de 25 anos no Sudeste Asiático. Dina continua ativa no trabalho voluntário e prossegue com seus interesses na área de educação infantil e produção textual. 

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.