Superar

O violino e a corda quebrada

Há várias versões de uma história sobre Itzhak Perlman, um violinista mundialmente famoso. Ela ilustra o lindo princípio da graça e do poder de Deus e de como Ele pode transformar o que Lhe oferecemos em algo lindo.

Certa noite, durante um recital em um teatro lotado, Itzhak Perlman ouviu o som temido por todo violinista rasgar o ar: o de uma corda quebrando!

Propósitos maiores

Em O Cavalo e seu Menino, um dos sete livros que compõem a obra de C. S. Lewis, As Crônicas de Nárnia, um rapaz, Shasta, sonha em viajar para a desconhecida Região Norte, parte do mágico Reino de Nárnia. Certa noite, o rapaz ouve ao pescador — que achava ser seu pai — negociar sua venda a um nobre de um reino vizinho. (O livro depois revela que Shasta, ainda bebê, sobrevivera a um naufrágio e fora encontrado por esse pescador.)

Viva com alegria

Passava os olhos nas manchetes no site de notícias, quando uma chamada capturou minha atenção: “É um guerreiro: Guo Youming não se abate por doença rara.” Intrigada, cliquei e li a incrível história desse homem.

Apenas mantenha-se de pé!

Recentemente, participei com dois amigos e meu irmão em um evento muito especial: a Corrida do Amigo Forte do Pescador! O trajeto de 15 km incluía 30 obstáculos com diferentes graus de dificuldade. Havia trechos de lama que sugava os pés dos corredores para baixo rapidamente, pelo que era necessário se mover com agilidade para ficar na superfície. Em outras partes era preciso atravessar rios gelados a nado ou a pé, uma verdadeira prova de resistência. Redes, trincheiras, pneus, barrancos e tudo que justificaria alguém dizer Não consegui. Mas o fato é que é possível.

Outro tipo de herói

No auge de meu idealismo, aos quatorze anos de idade, li a biografia de David Brainerd. Adorava ler sobre missionários como David Livingstone, C. T. Studd e Amy Carmichael. Pareciam não ter nenhuma dificuldade para inspirar convertidos que faziam com que todo sacrifício valesse a pena. Mas a história de Brainerd teve um princípio trágico. Lembro com muita clareza da minha idade quando a li pela primeira vez porque foi com essa idade que ele ficou órfão. Eu ainda tinha meus pais, cuja companhia desfrutei por muitos anos.

Superando obstáculos

As semanas anteriores haviam sido difíceis para mim e eu questionava a minha fé. Não duvidava de Deus, mas de quanta fé eu realmente tinha para enfrentar situações difíceis. O fato de estar envelhecendo também me preocupava e eu me censurava por estar ficando tão fragilizada e incapaz de acompanhar a geração mais nova. Por isso, fiquei agradecida quando minha filha, Madi, me convidou para escalar um lugar chamado Enchanted Rock (Rocha Encantada).

Sobre pedras e fardos

Na mitologia grega, Sísifo era considerado o mais esperto e astuto dentre os mortais. Desagradados com suas ardilezas e manobras, os deuses o condenaram a, por toda eternidade, rolar uma grande pedra morro acima, em um aclive íngreme, uma tarefa que nunca se completava, pois toda vez que Sísifo estava bem próximo ao topo, a pedra rolava de volta para o sopé do morro e o condenado recomeçava sua tarefa infindável.

Obtendo em Deus as minhas forças

Faz alguns anos, pouco antes no Natal, sofri um acidente de trânsito que quase me ceifou a vida. Sofri uma fratura na vértebra T4 que me deixou paraplégico, paralítico do tórax para baixo e confinado a uma cadeira de rodas.

<Page 1 of 6>
Copyright 2020 © Activated. All rights reserved.