Pacotes de amor

Pacotes de amor

Nosso vizinho, o Sr. Chen, respondeu ao meu “bom-dia” com grande entusiasmo e acrescentou com grande sinceridade: “Que clima maravilhoso está hoje!” Fiquei ali olhando aquele homem caminhar como se tivesse molas nos pés, com um sorriso irradiante que praticamente ocultava seu cabelo grisalho e suas rugas. Fiquei maravilhada. 

Afinal, até pouco tempo, ele mal respondia às minhas saudações, raramente sorria e praticamente não conversava com ninguém. Problemas crônicos de saúde lhe haviam deixado com uma expressão permanentemente deprimida, ombros arriados e um andar lento que pareciam o caracterizar. O que teria causado uma mudança tão maravilhosa?

Quando contei para minha irmã o que acontecera, ela explicou que sua filha tivera o primeiro filho. “Ele está todo feliz com o netinho!” Fiquei ali pensando sem entender quanta alegria e propósito um bebê que chora quase o dia inteiro havia trazido àquele homem.

A transformação do Sr. Chen me lembrou do pacotinho de alegria e inspiração que minha prima Katie tem sido para minha avó, grandemente afetada, faz um ano, por um AVC que prejudicou muito sua memória, habi­lidade de comunicação e mobilidade. Dores de cabeça crônicas, desconfortos e o desânimo resultante lhe deixaram calada, amargurada e sedentária. Passava o tempo cochilando em uma cadeira ou assistindo à televisão, e tentativas de conversar com ela só encontravam desinteresse de sua parte.

Então Katie nasceu. E mesmo quando ela tinha apenas alguns dias de vida, vovó passava horas inclinada sobre o berço, atenta a cada sonzinho que a pequena fazia e como brincava com seus dedinhos. Com um ano de idade, Katie sentava no colo de vovó para compar­tilhar com ela seus brinquedos. Hoje, com dois anos, adora tomar a velhinha pela mão enrugada e levá-la para passear.

A condição física de minha avó não melhorou, mas Katie ainda a faz sorrir, conversar e até gargalhar. Sem dúvida, existe uma mágica no amor e na inocência das crianças. Têm a habilidade de derreter e alegrar os corações de maneiras que os adultos não conseguem, como fizeram o neto do Sr. Chen por ele e Katie pela minha avó.

Crianças são bênçãos

Coroa dos velhos são os filhos dos filhos, e a glória dos filhos são seus pais. — Provérbios 17:6

Os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão. — Salmo 127:3

Brincar com crianças cura a alma. — Provérbio inglês 

Elsa Sichrovsky

Elsa Sichrovsky é escritora freelance. Vive com sua família em Taiwan.

Mais nesta categoria Minha garotinha »
Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.