Dez pontos-chave para o sucesso de pais e mães

Dez pontos-chave para o sucesso de pais e mães

O segredo para educar filhos felizes, bem comportados e bem ajustados é, na verdade, muito simples: ame-os. O que nem sempre é fácil e simples é aplicar o amor. Aqui estão dez dicas que com certeza vão ajudar nessa tarefa.

Oriente seus filhos a receber Jesus. Em certas ocasiões, o amor natural que Deus lhe deu por eles não vai ser suficiente. Eles precisam estabelecer uma conexão pessoal com a fonte de todo o amor, o próprio Deus, e é o que acontece quando alguém recebe Jesus.

Conectar-se a Jesus é tão simples que até uma criança de dois anos pode fazer. Basta explicar para seu filho que, se ele pedir, Jesus entrará em seu coração, será seu melhor amigo, vai perdoá-lo pelas vezes em que não se comporta bem e o ajudará a ser bom. Depois faça com ele a seguinte oração: “Querido Jesus, perdoe-me por me comportar mal às vezes. Por favor, entre no meu coração e seja meu melhor amigo para sempre. Amém.”

Dê a Palavra de Deus aos seus filhos. O que poderia ajudá-los mais do que saber onde e como encontrar fé, inspiração, orientação e as respostas para suas perguntas e problemas na Palavra? A fé vem do conhecimento da Palavra de Deus (Romanos 10:17). A leitura diária da Palavra é o segredo para o progresso espiritual em qualquer idade.

Se seus filhos forem muito jovens, leia versões ilustradas da Bíblia para crianças, livros de histórias bíblicas, ou assista com eles vídeos baseados na Palavra, lembrando sempre de lhes explicar o conteúdo conforme seja necessário. Seja constante, procure tornar o tempo na Palavra divertido e logo seus filhos estarão “arraigados e edificados nEle, e confirmados na fé” (Colossenses 2:7), o que diminuirá os riscos de eles se desviarem por causa de más influências ou de buscarem as respostas em outros lugares, porque suas vidas estarão alicerçadas na rocha da Palavra de Deus.

Ensine seus filhos a agir motivados pelo amor. Deus quer que façamos o que é certo, não por medo de punição, mas porque amamos a Ele e aos outros e queremos agir corretamente. Se você guiar seus filhos a receber Jesus, ensinar-lhes a amar e respeitar tanto a Ele quanto aos outros, e lhes der o apoio necessário, com o tempo eles desenvolverão a motivação certa fundamentada no amor.

Até as crianças bem jovens podem aprender a expressar o amor em ações altruístas e a demonstrar consideração pelos sentimentos e necessidades alheios. Foi o que Jesus resumiu em Mateus 7:12, a chamada Lei  de Ouro: “Tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-o vós também a eles.”

Promova a comunicação franca e sincera. Se seus filhos tiverem certeza que você reagirá com calma e em amor a seja o que for, terão maior facilidade para confiar em você. E se edificar um relacionamento de confiança e compreensão mútua quando as crianças forem pequenas, muito provavelmente manterão esse canal de comunicação aberto quando atingirem a pré-adolescência e a adolescência, e suas emoções e problemas se tornarem muito mais complexos.

Coloque-se no lugar deles. Comunique-se com seus filhos no nível deles e não exagere nas expectativas. Lembre-se que as crianças tendem a ser mais sensíveis que os adultos e, por isso, devemos ter mais consideração pelos sentimentos delas. Todos sabemos como é degradante ser envergonhado, magoado ou até menosprezado pelos outros, e isso deveria ser suficiente para fazermos o melhor ao nosso alcance para lhes pouparmos de situações assim.

Dê um bom exemplo. Procure ser o melhor exemplo possível — não tentando aparentar perfeição aos olhos de seus filhos, mas sendo amoroso, tolerante, paciente, pronto para perdoar, e esforçando-se para demonstrar todas as virtudes e valores que quer que eles tenham.

Defina regras de comportamento razoáveis. As crianças ficam mais felizes quando conhecem seus limites, e estes são assegurados amorosa e consistentemente. Uma criança mimada, exigente e irresponsável será um adulto mimado, exigente e irresponsável. Daí a importância de as crianças aprenderem a responsabilidade pelos seus atos. A meta da disciplina é a auto-disciplina, sem o que seus filhos terão sérias dificuldades na escola, no trabalho e na vida social.

Um dos melhores métodos para estabelecer regras é construí-las com as crianças, ou pelo menos convencê-las a concordar com elas. Ensinar-lhes a tomar as decisões certas é um processo que exige mais tempo e paciência que simplesmente puni-las pelas decisões erradas, mas é muito mais gratificante.

Elogie e encoraje. Como todos nós, as crianças desabrocham quando recebem elogios e são valorizadas. Eleve a auto-estima delas elogiando-as pelas suas boas qualidades e realizações. Lembre-se também que é mais importante e muito mais eficaz louvar as crianças pelo seu bom comportamento do que censurá-las por se comportarem mal. Tente sempre acentuar o positivo e seus filhos se sentirão mais amados e seguros.

Ame incondicionalmente. Deus nunca desiste de nós nem deixa de nos amar, por mais que nos desviemos. E é assim que quer que sejamos com nossos filhos.

Ore pelos seus filhos. Por mais que você esforce ou por melhor que faça tudo ao seu alcance, algumas situações simplesmente estarão além do seu controle ou vão exigir mais que aquilo que você é capaz , mas nada está além do controle ou do poder de Deus. Acesse Seus recursos ilimitados pela oração. Ele tem todas as respostas e pode suprir todas suas necessidades. “Pedi, e dar-se-vos-á” (Mateus 7:7). “Toda boa dádiva e todo dom perfeito é lá do alto” (Tiago 1:17).

Seja feliz educando seus filhos!

David Brandt Berg

David Brandt Berg (1919-1994) era filho da conhecida evangelista americana, Virginia Brandt Berg. Em 1968, juntamente com sua esposa e filhos adolescentes, iniciou um trabalho voltado para os jovens da contracultura em Huntington Beach, na Califórnia, o qual se expandiu, tornando-se o movimento missionário cristão internacional conhecido hoje como A Família Internacional (AFI). (Os textos escritos por David Brandt Berg usados na Contato são adaptações.)

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.