Vamos discutir

Vamos discutir

Os primeiros versículos no primeiro capítulo do Livro de Isaías são apavorantes! Deus usa uma linguagem forte para descrever as muitas transgressões que afastaram de Deus a nação de Judá. Refere-se à opressão dos pobres, à corrupção e aos crimes de sangue. Afirma que seus ritos religiosos se tornaram falsos e sem valor, que os corações das pessoas eram ímpios, rebeldes contra Deus e por todo esse conjunto de impiedades, Judá seria arrasada por seus inimigos.

Todavia, apesar desses pecados deliberados, Deus Se sensibiliza com o sofrimento do povo e não Se atém ao merecido castigo: “Parem de fazer o que é mau — roga o Senhor— e aprendam a fazer o que é bom. Tratem os outros com justiça; socorram os que são explorados”.1

Então, encontramos uma das mais belas promessas na Bíblia, na qual Deus revela um pouco mais sobre o tipo de amizade que deseja ter conosco. “Venham cá, vamos discutir este assunto. Os seus pecados os deixaram manchados de vermelho, manchados de vermelho escuro; mas Eu os lavarei, e vocês ficarão brancos como a neve, brancos como a lã.”2

Essa promessa mostra que Deus não apenas está disposto a perdoar, mas que anseia por isso. E assim como a neve fresca cobre a poça de sangue e faz parecer como se não existisse, a plenitude do perdão de Deus regenera, e faz como se o mal jamais tivesse acontecido. De nossos pecados Ele não Se lembra mais.3

Esse tipo de perdão é sobrenatural e parte da natureza divina. Poucas vezes conseguimos lidar com mágoas, trapaças, injustiças e tratá-las como se não tivessem acontecido, mas essa dificuldade não muda o fato de que devemos estar dispostos a perdoar aos demais. O segredo é lembrar o que Jesus fez por nós. Apesar de não merecermos que tomasse sobre Si todo o peso dos nossos pecados e malfeitos, foi o que Ele fez ao dar a vida por nós. Tentemos nos tornar mais como Ele, estendendo aos outros o perdão não merecido que dEle recebemos.

1. Isaías 1:16–17. NTLH
2. Isaías 1:18 NTLH
3. Ver Hebreus 8:12.

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana é editor da revista Contato desde sua primeira edição, em 2001. Mário é fundador e diretor do Projeto Resgate, uma organização sem fins lucrativos em Joinville, SC.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.