Quatro amores

Quatro amores

Em português, a palavra amor é usada para designar uma grande variedade de emoções. Os gregos do período clássico tinham quatro termos que traduzimos hoje como amor.

Storgē se aproxima em significado a “afeição”, em especial da que se encontra nas famílias. O vocábulo também é usado no sentido de “tolerância” — uma necessidade frequente entre familiares.

Philios era o termo usado em referência a um tipo de amor virtuoso e sem paixões, como o que inspira a lealdade. Seu significado pode ser comparado ao de “amizade”.

Eros era o amor passional, como o que existe nos bons casamentos e nos relacionamentos íntimos saudáveis. Sócrates teve um debate sobre eros com seus estudantes que ficou famoso, registrado no Simpósio, de Platão. O signicado do termo nesse diálogo não se referia tanto ao amor por uma pessoa, mas pela beleza em alguém. É daí que vem a noção de relacionamento platônico, isto é, desprovido de interesses sexuais.

A Septuaginta, versão do Antigo Testamento traduzida para o grego antes do tempo de Jesus — usava a palavra agápao em várias de suas passagens para se referir a diversos tipos de amor, da misericórdia divina à paixão erótica. Foi nessa obra que o substantivo ágape, a quarta palavra grega que traduzimos para amor, surgiu pela primeira vez na literatura grega para descrever o mais profundo tipo de amor, como o retratado no livro Cantares de Salomão, o qual, entende-se, evoca o relacionamento entre Deus e os crentes.

O termo aparece no Novo Testamento cerca de 250 vezes para descrever o mais elevado ideal de amor. Além da palavra amor — como em Theos ágape estin, “Deus é amor” (1 João 4:8)— algumas traduções da Bíblia usam o termo “caridade” (como se vê em 1 Coríntios 13). A palavra foi escolhida para reforçar a ideia de ágape ser um sentimento altruísta, generoso e incondicional.

Agora sabemos o que devemos cultivar.

Tagged sob
Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana é editor da revista Contato desde sua primeira edição, em 2001. Mário é fundador e diretor do Projeto Resgate, uma organização sem fins lucrativos em Joinville, SC.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.