A recriação de Carlos

A recriação de Carlos

“Posso dormir em sua casa esta noite?” — pediu Carlos ao telefone com voz trêmula,depois de explicar que tivera uma briga com a mulher e que não podia voltar para casa. Sabíamos também que ele estava passando por uma fase muito difícil. Para começar, tinha a esperança de ser promovido a gerente da sua empresa, mas outra pessoa foi escolhida para o cargo. Poucos dias depois, sofreu um acidente de carro no qual, graças a Deus, ninguém se feriu. E agora isso! Parecia que tudo estava dando errado.

Convidei-o para minha casa e, antes de sua chegada, minha esposa e eu pedimos ao Senhor para nos ajudar a animá-lo e nos dar sabedoria para lhe dar os conselhos certos sobre esse assunto pessoal, caso nos pedisse algum.

Tão logo Carlos chegou, vimos que se sentia desesperançado. Na noite anterior sofrera outro acidente, e dessa vez o carro teve perda total. E agora a mulher dele estava zangada para valer.

Após o desabafo, perguntamos por que ele achava que essas coisas lhe estavam acontecendo. No começo, tudo que conseguia fazer era reclamar da esposa e por ela sempre o censurar por beber. “Ela não dá trégua. Para mim, ela não quer que eu me divirta.” Era óbvio que ele não conseguia entender as justificáveis preocupações da esposa com o seu consumo de álcool.

Depois de o escutarmos por um tempo, explicamos que o melhor seria ele parar de culpar a mulher ou qualquer outra pessoa pelos seus problemas, os quais pareciam resultar de uma inversão de prioridades, em que muita ênfase era dada ao divertimento enquanto as coisas mais profundas e de maior importância na vida não recebiam a atenção devida.

“Deus não nos manda problemas para nos ver sofrer”, explicamos. “Mas, às vezes, os permite porque sabe que, não é raro, só nas dificuldades que oramos com sinceridade. Ocasionalmente, precisa nos mandar problemas para provocar em nós uma mudança necessária. Quando coisas ruins acontecem, buscamos Sua ajuda, oramos com mais frequência, lemos mais a Sua palavra e nos esforçamos mais para fazer o que ela nos ensina. Ao voltarmos para o caminho certo e fazermos tudo ao nosso alcance para amá-lO e Lhe obedecer, permitimos que Ele nos dê Sua bênção plena.

Deus não espera que sejamos perfeitos. O que conta é se estamos ou não nos esforçando sinceramente para fazer o que é melhor. Se estivermos, Ele fará tudo para cuidar de nós, proteger-nos e nos fazer felizes. Entretanto, há ocasiões nas quais Ele simplesmente tem de permitir fases ruins para nos fazer parar e escutar o que tem a nos dizer”.

O problema de Carlos com a bebida parecia ser a fonte principal da insatisfação de sua esposa e estava a ponto de destruir o seu casamento. Então lhe disse que o Senhor havia me libertado do alcoolismo e que podia libertá-lo também.

A situação de Carlos me lembrou da história de Esaú na Bíblia. Estava com tanta fome e era tão imediatista, que trocou o seu direito de primogenitura com o irmão, Jacó, por um prato de lentilha1. Contei a história para Carlos e salientei que achava se aplicar a ele. Era como se ele estivesse trocando um casamento feliz por um copo de uísque. “Ao fugir da situação, você pode estar destruindo seu casamento. O melhor a fazer é voltar para casa, pedir perdão à sua mulher e dizer que a ama.”

Naquele momento, Carlos se desfez em lágrimas e nos disse que ninguém jamais havia falado com ele assim, mas ele reconhecia que tínhamos razão. E, à medida que falávamos, crescia nele a determinação de mudar, começar de novo e tentar reparar o mal que causara.

Lemos alguns versículos bíblicos apropriados para a situação e vários trechos devocionais, e oramos com ele para que Deus o ajudasse a parar de beber e que operasse uma transformação em sua vida.

Dias depois, quando visitamos Carlos em seu escritório, ele estava radiante! Abraçou-nos com força e disse: “Deus me transformou! Não tenho palavras para agradecer a Ele e a vocês por me ajudarem a me endireitar!” Contou-nos como tudo melhorara no relacionamento com a esposa, e como estavam felizes agora.

Estamos muito agradecidos pela maneira como o Senhor mudou a vida desse nosso amigo. Quando oramos, Deus nunca falha!

“Portanto, se alguém está em Cristo, nova criatura é, as coisas velhas já passaram, tudo se fez novo” (2 Coríntios 5:17).

1. Gênesis 25: 29-34
Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.