Rompendo o ciclo do egoísmo

Rompendo o ciclo do egoísmo

Pergunta: Fico chateada e irritada quando meu marido é egoísta, mas sei que volta e meia também sou. E isso me incomoda ainda mais. O que posso fazer para ajudar a nós dois nesse aspecto?

Resposta: Quando surgem problemas dessa natureza entre duas pessoas, casadas ou não, muitas vezes o primeiro e muito necessário passo é a comunicação sincera e sábia entre os envolvidos. Saber discutir a questão com tato e ter a humildade para isso são, muitas vezes, os aspectos mais difíceis a superar.

No seu caso, uma alternativa poderia ser mencionar para o seu esposo um ou dois exemplos de como você própria se portou de forma egoísta e pedir desculpas pelo mal estar que provavelmente sua atitude lhe tenha causado. Ao assumir em vez de atribuir a culpa ao seu marido, você diminui os riscos de colocá-lo na defensiva. Em vez disso, cria uma chance real de que ele reaja desculpando-se pelas vezes que ele também foi egoísta. É próprio da natureza humana adotar uma atitude mais positiva com respeito à superação de fraquezas pessoais quando a ideia parte da própria pessoa, do que quando o problema é trazido à tona pelos outros. Por isso, não se apresse em aumentar a lista do seu companheiro com exemplos do egoísmo dele. Além disso, você talvez tenha de esperar um tempo até ele assimilar o que lhe disse.

Se essa abordagem não surtir os efeitos desejados, é possível que, em outra ocasião, você deva tentar se expressar de forma mais direta. Uma abordagem seria dizer como se sente: “Quando não ajuda com os trabalhos da casa, parece que não me valoriza. Você está cansado demais?” Dar um voto de confiança deixa claro que está tentando resolver o problema, e não encontrar um culpado. Além disso, explicar seus sentimentos e necessidades pode dar ocasião para ele manifestar alguns dos dele, o que é outro passo importante para resolver a questão.

A comunicação sincera em si já contribui para que ambos entendam um ao outro. É possível que você descubra que boa parte do problema não seja o egoísmo propriamente dito, mas expectativas irrealistas, ou seja, tentarem fazer mais do que vocês dois têm tempo ou energia para fazer. Entender melhor a situação, as necessidades e os limites do outro torna mais fácil ir além quando é necessário, porque, você vai querer fazer por amor.

De modo geral, romper maus hábitos não é rápido nem simples, mas é muito mais fácil com a ajuda de Deus. Portanto, “fechem o negócio” com uma oração, pedindo a Deus a mudança desejada. Uma das orações que Ele mais gosta de atender é aquela em que se pede por mais amor e altruístmo.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.