Não espere

Não espere

Minha amiga Vanessa é uma pessoa ímpar — o exemplo perfeito do Evangelho encadernado em um par de tênis. Quando começou a frequentar nosso estudo bíblico, era mãe solteira de três adolescentes e tinha a vida marcada por altos e baixos. Talvez por isso tinha algo especial, uma alegria contagiante, brilho nos olhos e ria com facilidade, especialmente com piadas sobre si mesma.

Muitos entendem que poderão ser mais generosos quando estiverem com “a vida resolvida” e economicamente estáveis. Esperam ter em excesso para então contribuírem, mas quando isso acontece? Às vezes, gosto de imaginar as causas nobres que eu apoiaria se ganhasse na loteria, mas isso não vai passar de imaginação, porque nunca compro bilhetes de loteria!

Então, observo Vanessa e aprendo com ela. Ela não espera por “algum dia”, pois cultiva um tipo de generosidade que coloca uma nota dobrada na mão de alguém e, na sequência, lhe dá um cordial tapinha nas costas. Tem um coração aberto para as necessidades dos outros e tenta ver onde pode ser uma bênção, seja doando dinheiro, comida, tempo, ajudando ou animando alguém que precisa. Muitas vezes, ela aparece com um presente ou uma guloseima especial. É seu jeito de dizer: “Você é importante para mim. Noto as coisas de que você gosta. Aqui está. Aproveite”.

Há alguns anos, Vanessa começou a sonhar em se mudar para um lugar onde seus filhos tivessem mais oportunidades de estudar e ter uma vida melhor. Lembro-me de seu primeiro apartamento minúsculo mobiliado com móveis doados e, embora ela estivesse trabalhando em prol dos objetivos de sua família, ainda ajudava generosamente os outros sempre que surgia uma oportunidade. Naquele momento, aquele “sonho” parecia fantasiosamente fora de alcance, mas cada um de seus filhos estudou e teve um bom começo na vida adulta.

Quando me perguntava sobre Vanessa e buscava uma explicação lógica de como ela conseguia alcançar seus próprios objetivos pessoais e financeiros e, ao mesmo tempo, estar sempre pronta para apoiar os outros, encontrei uma fórmula bíblica: “Dai, e dar-se-vos-á. Boa medida, recalcada, sacudida e transbordante, generosamente vos darão. Pois com a mesma medida com que medirdes vos medirão também.”1

1. Lucas 6:38

Sally García

Sally García é educadora, missionária e membro da Família Internacional no Chile.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.