Grandes planos e expectativas maiores

Grandes planos e expectativas maiores

Em 2007, os Países Baixos elaboraram um plano de duzentos anos para se adaptarem e se prepararem para as mudanças climáticas.1 Com dois terços da população holandesa vivendo abaixo do nível do mar, as mudanças climáticas podem ter um efeito drástico e trágico naquela nação — daí a extrema cautela.

O plano, pelo que entendi, consiste na alocação de 20 bilhões de dólares em pesquisas e na construção de melhores defesas hídricas ao longo da costa — o escopo do plano vai até 2200. A razão para este plano tão detalhado é simples: se não agirem agora, o país poderá deixar de existir em 200 anos, devido às mudanças climáticas.

Isso me fez pensar em planejamento de longo prazo. É fácil ver quando algo não foi bem planejado — regiões pobres que não se desenvolvem adequadamente, eventos da empresa que parecem nunca acabar, equipamentos de cozinha de funcionamento complicado. Por outro lado, tudo que funciona bem, que faz o esperado — de aquedutos a sistemas de bem-estar social e programas de computador — resulta de planejamento feito por seus desenvolvedores, inventores e criadores.

Planejamos por diferentes razões, mas principalmente para alcançarmos um resultado desejado. Alguns contratam serviços específicos para terem o casamento dos seus sonhos; governos têm engenheiros que fazem projetos confiáveis para a construção de pontes e rodovias que garantam o transporte seguro e confiável no território nacional. Todo plano tem pelo menos um objetivo. No caso dos holandeses, é fácil perceber sua meta é a sobrevivência do país.

Mas existe Alguém que deixa qualquer plano e projetista no chinelo. Em Atos 17:26 o apóstolo Paulo fala sobre um plano que vai além de qualquer outro. Ele disse: “De um só [Deus] fez todas as nações dos homens, para habitarem sobre toda a face da terra; determinando-lhes os tempos já dantes ordenados e os limites da sua habitação.”2 Em outras palavras, desde o comecinho, Deus sempre teve um plano. A Criação não foi aleatória. Não aconteceu porque Deus estava de folga sem ter o que fazer em uma tarde de domingo, então bum! Criou a terra! Existe um plano maior que se desenrola a cada dia na existência do ser humano no planeta terra.

O que é ainda mais espantoso é que cada ser humano é um ato intencional de criação. Deus tem planos para todos. O rei Davi afirma: “Os Seus olhos viram o meu corpo ainda sem forma. Todos os dias que foram ordenados para mim, no teu livro foram escritos quando nenhum deles havia ainda.”3 E Jó assim descreve Deus: “Contigo está o número de nossos meses; puseste-lhe limites, além dos quais não passará.”4

Se a razão dos planos é preparar para um objetivo desejado e se Deus tem planos para você, isso significa que no ato da sua criação, Ele tinha um objetivo escolhido para você, algo definido para você ser e fazer. Talvez você não salve o mundo amanhã, ou nunca, mas lembre-se que o âmbito geral de um plano não se revela logo no primeiro dia. Veja o exemplo de Moisés.

Imagine Deus planejando a vida de Moisés. O primeiro capítulo não trata da divisão do Mar Vermelho nem de Moisés recebendo instruções de Deus junto à sarça ardente no Monte Horeb. A narração desses eventos é precedida por capítulos que revelam uns 80 anos de experiência. Quando estudamos a vida de Moisés, é fácil nos maravilhamos com os 40 anos que ele passou cuidando de ovelhas, e pensamos na paciência que deve ter adquirido ao final dessa provação. Percebo agora que, na verdade, foi Deus quem teve paciência nessa história. Imagine criar um personagem e saber que só estaria preparado para realizar o que você desejava 80 anos depois. Não sei o que eu faria, mas tenho certeza de que não teria tanta paciência quanto Deus.5

Fico aliviado em saber que Deus é quem faz os planos de minha vida. Explico: mesmo que você sinta que nada está acontecendo para você agora e seja difícil esperar, pode ser que esteja lendo a página 200 da sua biografia e as coisas heroicas só comecem a ser relatadas na página 492. Ou pode ser que o “surpreendente” para mim seja apenas uma vida bem vivida e para a glória de Deus. Em qualquer dos casos, é o plano de Deus para nós, mesmo que aparentemente não esteja acontecendo nada. Seus planos complexos estão em execução. O Seu Espírito está agindo até mesmo nos dias mais comuns, quando a emoção mais forte foi quando seu gato fez amizade com o do vizinho. O Espírito de Deus vai trabalhar na sua vida para chegar à página 492 do seu livro e além.

Em uma carta aos Romanos, Paulo diz que Deus é “o Deus da paciência”.6 A Bíblia indica que paciência e longanimidade são dois de Seus principais atributos. Deus esperou 80 anos até Moisés fazer algo digno de nota, e os holandeses têm um plano para os próximos 200 anos. Portanto, por mais que demore, se Deus acredita que somos dignos dessa espera também deveríamos esperar.

1. “Holanda traça plano de 200 anos contra o aquecimento global,” Associated Press
2. NVI
3. Salmo 139:16 NVI
4. Jó 14:5 NTLH
5. A história de Moisés pode ser encontrada no livro do Êxodo.
6. Romanos 15:5

Roald Watterson

Roald Watterson é editor e desenvolvedor de conteúdo.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.