A aula de violão

A aula de violão

Dê uma olhada nos dois violões na imagem abaixo. Se você fosse um violonista, qual escolheria para tocar? Provavelmente o de cima, com os trastes retos (as partes finas de metal ao longo do braço), certo? Bem, você pode se surpreender ao saber que alguns guitarristas dizem que o outro é o que faz o melhor som. Estranho, não é?

Os músicos experientes sabem que é realmente impossível afinar até mesmo o violão de melhor qualidade para produzir com perfeição notas e acordes em todos os lugares ao longo do braço. Isso ocorre por causa da maneira como os violões têm sido fabricados há centenas de anos.

Nos violões comuns, os tradicionais trastes retos distribuídos ao longo do braço não estão no local exato necessário para reproduzir o tom perfeito. Isso significa que, mesmo se você afinar um violão com precisão para reproduzir com perfeição o acorde Mi, pode não obter a mesma qualidade ao tocar o acorde Sol, ou quando executar o mesmo Mi, em outra posição do braço. É uma inconveniência com a qual os violonistas têm que lidar e uma das razões por que eles costumam afinar seus violões entre as músicas.

Alguns afinam algumas cordas ligeiramente fora do padrão para atingir um meio termo, para que, independentemente da posição no braço em que formam os acordes, o som reproduzido seja próximo o bastante do desejado. Alguns escolhem uma afinação para certos padrões de acordes, mas que deixa seus instrumentos desafinados em peças que usam outros padrões.

Um luthier ficou tão irritado por ter de lidar constantemente com essa deficiência inerente aos violões que decidiu criar um instrumento que eliminasse isso completamente. Inventou o que se chama de violão “True Temperament”, que tem como característica distintivas trastes ondulados, precisamente posicionados para que cada nota produza o tom perfeito em qualquer ponto do braço do instrumento. O resultado foi um violão com trastes aparentemente retorcidos, mas que, como garantem os músicos que o adotaram, “canta”.

Qual é a relevância disso para nós? À primeira vista, pode parecer que apenas ignorância ou incompetência produziria um violão com trastes tão obviamente disformes. Contudo, o instrumento tem uma sonoridade surpreendentemente mais harmoniosa do que os que têm a aparência tipicamente considerada adequada. Não é assim conosco? A Bíblia nos diz que o que parece certo e apropriado ao homem natural pode não ser adequado para o uso de Deus; na verdade, o oposto pode ser verdade.

Com todas as nossas fraquezas e falhas, podemos nos sentir imperfeitos e retorcidos como os trastes do violão True Temperament; mas, nas mãos do Músico Mestre, podemos produzir as melhores melodias. Quando nos achamos muito bons e “certinhos”, segundo os padrões típicos, como violões comuns, com seus trastes perfeitamente retos, porém imperfeitos, o que produzimos pode ser um pouco desafinado, dissonante e, portanto, menos atraente.

Deus nos permite ser assim, imperfeitos, para um propósito, para sermos mais úteis e ajudar aqueles ao nosso redor. É assim que Ele produz a gloriosa harmonia da Sua melodia.

* * *

O Senhor não vê como vê o homem. O homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.
1 Samuel 16:7

“Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito”, diz o Senhor dos Exércitos.
Zacarias 4:6

Pois a loucura de Deus é mais sábia do que os homens, e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens. Ora, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes. Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; para que ninguém se glorie perante ele.
1 Coríntios 1:25–29

Porém nós que temos esse tesouro espiritual somos como potes de barro para que fique claro que o poder supremo pertence a Deus e não a nós.
2 Coríntios 4:7 NTLH

George Sosich

George Sosich é missionário cristão, músico e escritor. Vive no Japão.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.