O poder de um

O poder de um

Deus sabe tudo acerca de cada um de nós. Conhece nossa estrutura, capacidade, nossos dons, talentos, pontos fracos e fortes. E apesar de tudo que possamos pensar de nós mesmos e de nossas deficiências, Ele nos escolheu para a Sua equipe!1 Tem certeza de que, com Seu poder, somos capazes de desempenhar o papel que nos confiou.

Quando nos vemos como Deus nos vê, passamos a ter um respeito saudável por nós mesmos. Por sermos Seus filhos, somos valiosos. Por sermos cristãos, somos Seus representantes, os que comunicam Sua verdade e Sua mensagem. Isso nos torna bem importantes! Pense nisso. Você foi feito à Sua imagem. Está salvo. Deus o ama tanto que permitiu que Seu Filho morresse por você, o que indica que você é muito importante. Você é completa e perfeitamente amado por Deus. O Espírito Santo vive em você. Que coisa extraordinária! Temos em nós o poder dAquele que nos criou, nos redime e agora nos pede para glorificá-lO com nossas vidas.

Cada um de nós é uma obra singular de Deus. Não há ninguém em todo o mundo exatamente igual a você, com as mesmas experiências, conhecimentos, interesses e habilidades. Ele quer que descubra os talentos e habilidades naturais que lhe concedeu para aprimorá-los e usá-los para o seu benefício e felicidade pessoais, assim como para contribuir para o bem e para a felicidade dos outros.

Cada cristão é chamado por Deus para produzir frutos duradouros. Isso significa que cada um tem algo bom e positivo com que contribuir. Nossos dons e talentos naturais e a forma como Deus nos criou podem ser usados por Ele para, em primeiro lugar, produzir frutos na nossa própria vida e, em segundo, para produzir frutos no que diz respeito a conectar os outros a Ele.

Cada um de nós pode contribuir para a mudança necessária em nosso mundo, refletindo Jesus em nossas vidas, deixando o Espírito Santo brilhar em nós e compartilhando o Evangelho com os outros. Cada um tem o poder para influenciar positivamente as vidas dos demais e, para isso, precisamos usar nossos dons e talentos, inclusive nossas personalidades, juntamente com nosso tempo e esforço, para a glória de Deus.

Quando alguém se entrega a Deus, torna-se uma nova criatura. Mas Ele quer que você continue sendo você —tal como o imaginou ao criá-lo. Não descarta nem muda os talentos originais que lhe concedeu. Como disse C.S. Lewis: “Quanto mais deixarmos Deus nos controlar, mais autênticos nos tornaremos, pois Ele nos criou.”

Deus fez pessoas de todos os tipos e não existe um “tipo” de gente que seja mais efetivo no que diz respeito a fazer a diferença no mundo na maneira que Deus as chama. Buckminster Fuller certa vez disse: “Jamais esqueça que você é único. Jamais esqueça que se não houvesse necessidade de você e toda a sua singularidade na terra, você não estaria aqui. Jamais esqueça que por maiores que pareçam os desafios e problemas da vida, você pode fazer a diferença no mundo. Na verdade, toda mudança importante no mundo é causada por alguém. Então, seja essa pessoa.”

Deus precisa de cada um de nós para a construção do Seu reino na Terra. Se sentir que há poucas oportunidades na sua vida de serviço hoje, talvez esteja em um período de preparação. Está na oficina de Deus, por assim dizer, sendo preparado com a ferramenta da paciência, conforme realiza fielmente as tarefas simples e triviais do dia a dia. Se sentir que sua vida tem pouco ou nada em termos de serviços notáveis, permita-se encorajar-se por este pensamento de A. B. Simpson: “Deus está preparando Seus heróis. E quando a oportunidade vier, Ele os acionará. E o mundo se perguntará de onde vieram.”

1. Ver João 15:16.

Peter Amsterdam

Peter Amsterdam

Peter Amsterdam participa ativamente do serviço cristão desde 1971. Em 1995, tornou-se diretor (junto com sua esposa, Maria Fontaine) da comunidade cristã conhecida como A Família Internacional. É autor de diversos artigos de teologia e sobre a fé. (Os textos escritos por Peter Amsterdam usados na Contato são adaptações.)

Copyright 2020 © Activated. All rights reserved.