Sucesso

O sucesso e o caminho para alcançá-lo

Tenho dificuldades para definir o sucesso, especialmente quando se trata do meu trabalho. Penso que qualquer esforço que consuma pelo menos 40 horas da minha semana deva me proporcionar algum sucesso tangível. É preciso que haja algum tipo de promoção, desafio ou senso de orgulho pela realização alcançada. Mas e se isso não acontecer? E se você se sentir em grande medida invisível no seu trabalho? Você não é reconhecida e muito menos promovida. Será um indicador de que não está alcançando sucesso? Se o êxito não se expressa pelas realizações, por que métrica deve ser aferido?

Precioso e discreto

Tenho assistido ao seriado The X Factor, no qual cantores de todas as regiões dos Estados Unidos participam de uma grande competição de talentos, disputando um contrato de gravação multimilionário. Em cada episódio os jurados escolhem quem vai passar para o próximo nível da competição, com base no talento, claro. Mas procuram também alguém com uma característica específica, alguém que vai dar conta do recado.

O caminho da persistência

Todas as manifestações da arte dignas de louvor resultam da força irresistível da perseverança. É assim que a pedreira se transforma em pirâmide, e que países distantes são unidos por canais. Se fôssemos comparar o efeito de um único golpe de uma picareta ou com o que foi removido por um movimento de pá, com o resultado, ficaríamos aterrados pela desproporção. Contudo foram essas pequenas operações, incessantemente repetidas que superaram as maiores dificuldades, aplainaram terrenos montanhosos e uniram oceanos, pela limitada força de seres humanos.
Samuel Johnson (1709–1784)

Nunca jamais desista!

Às vezes, a vida é bastante difícil. E dá vontade de desistir quando sabe que se esforçou ao máximo, no entanto, não alcançou o seu objetivo. Seus sonhos continuam distantes da realização, e você acha que não aguenta mais.

Todos nós provavelmente já nos sentimos assim em alguma ocasião. Talvez você tenha passado por isso recentemente. Na verdade, talvez esteja se sentindo assim no momento.

Como se desvencilhar quando sente que está sendo golpeado e jogado de um lado para o outro?

Em busca do sucesso

Independentemente da definição que se atribua ao sucesso, todos o queremos. E faz sentido. Os desejos por bem-estar, segurança, sentido na vida e realização são inatos ao ser humano e universais. Por que, então, tantas pessoas parecem se contentar com menos? Por que não perseguem suas metas de forma mais ativa? São várias as razões, mas creio que o seguinte trecho de um artigo que li recentemente expõe uma das mais comuns:

Redução de dívida e construção de riqueza

Ler os blogs de outras pessoas lutando contra dívidas me ajuda a manter a decisão de reduzir minha dívida. Na busca por artigos relevantes ao momento em que me encontro em minha jornada para sair da dívida, muitas vezes ignoro aqueles relacionados a investimentos e poupanças. Existe uma convergência entre os escritos que tratam da redução de dívidas e os que abordam a formação de patrimônio. Sou totalmente favorável à eliminação de dívida, mas tenho dificuldades com o conceito de formação de riqueza. Se por um lado associo a minoração do endividamento à adoção de posturas mais responsáveis no tocante a gastos, tendo a relacionar a formação de riqueza exclusivamente à avareza e ao egoísmo.

Gestão financeira

Um pastor certa vez disse: “Ter uma vida financeira saudável não é complicado. Pode ser difícil, mas não complicado.” A dificuldade está no fato de a saúde financeira não depender simplesmente de aprender estratégias financeiras e técnicas de gestão. Inclui também componentes espirituais. É importante ter uma visão espiritualmente correta do dinheiro e usá-lo corretamente.

Comece com o sapo!

Sou movida a inspiração, mas algo que sempre me incomodou foi minha maneira dispersiva de traçar e perseguir metas. Queria fazer o que precisava ser feito, mas me parecia tão mais fácil dar prioridade ao que eu gostava de fazer ou o que me sentia inspirada a realizar primeiro. O problema com essa estratégia é que costuma levar à procrastinação, especialmente porque, com frequência, minhas atividades e tarefas “favoritas” não são necessariamente as mais importantes ou prioritárias. E como estas não simplesmente desapareceram, vi-me sob pressão e com pouco tempo para encaixar na minha vida o que é necessário que eu faça. Algo tinha de mudar.

<Page 2 of 11>
Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.