Quanto é o suficiente?

Quanto é o suficiente?

Deus reconhece nossas necessidades materiais e Sua Palavra está repleta de promessas de provisão e até de abundância.1 Contudo, Jesus também advertiu que a busca desordenada por riquezas pode ser uma pedra de tropeço.2 É naturalmente difícil para nós avaliarmos corretamente nossas necessidades. Como Benjamin Franklin observou: “Quanto mais [dinheiro] se tem, mais se quer. Ele não preenche os espaços; cria-os.”

Quanto é suficiente?

O apóstolo Paulo trata dessa questão em uma carta que escreveu a Timóteo, na qual oferece uma  resposta de um minimalismo assombroso: “Se temos comida e roupas, fiquemos contentes com isso. O que foi que trouxemos para o mundo? Nada! E o que é que vamos levar do mundo? Nada!”3 Sua mensagem não é contra viver acima desse padrão mínimo, mas ensina que o verdadeiro contentamento não está relacionado à prosperidade material.

Alguns estudos confirmam que, a partir de certo ponto, o crescimento da riqueza pode ter efeitos indesejados no diz respeito à felicidade e à qualidade de vida.4 Faz sentido. Todos precisamos de dinheiro para prover para nós mesmos e nossas famílias, mas uma vez que nossas necessidades básicas e aspirações são atendidas, a busca por riqueza muitas vezes entra em conflito com nosso desejo por felicidade.

A conclusão parece ser que muito depende da nossa atitude e do que Deus está fazendo em nossas vidas em um determinado momento. Acima de tudo, quer estejamos passando necessidade, quer estejamos vivendo em abundância,5 devemos nos lembrar de que o verdadeiro sucesso e a realização vêm conforme aprendemos a nos aproximar mais de nosso Pai Celestial. É tolice guardar para si riquezas, mas não ser rico para com Deus.”6

1. Ver Provérbios 10:22 e Filipenses 4:19.
2. Ver Mateus 19:24.
3. 1 Timóteo 6:8,7
4. Ex: Eugenio Proto, Aldo Rustichini, http://www.voxeu.org/article/gdp-and-life-satisfaction-new-evidence#.UtJNbd8rp_4.twitter
5. Ver Filipenses 4:12.
6. Lucas 12:21
Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana

Mário Sant’Ana é editor da revista Contato desde sua primeira edição, em 2001. Mário é fundador e diretor do Projeto Resgate, uma organização sem fins lucrativos em Joinville, SC.

Copyright 2021 © Activated. All rights reserved.